#phdviaja Flórida: Islands of Adventures

Gente, é muito frustrante entrar nos álbuns desta viagem e perceber que teve coisa que registrei pouco por motivo de: empolgação com o lugar. E o Islands of Adventure foi um dos lugares que fiquei tão encantada que mal filmei, mal fotografei, mas aproveitei horrores. Pensa como eu estava terrivelmente ansiosa para conhecê-lo, já que o Island abriga uma das áreas que eu mais queria conhecer: a do Harry Potter. Além disso, meu boy, que é visivelmente apaixonados por dinossauros, também estava louco para conhecer o Jurassic Park. Então me desculpem se por um acaso vocês se decepcionarem com este post por falta de registros visuais, mas prometo tentar descrever ao máximo tudo o que eu vi (e me apaixonei) por lá, tá?


Começamos o dia entrando pelo Universal Studios, para atravessarmos a plataforma 9 3/4 e chegar ao Islands pelo Expresso de Hogwarts. Para isso, é necessário comprar o ingresso Park to Park, que permite que você curta tanto o Island quanto o Universal no mesmo dia. Para quem não sabe, o complexo Universal possui 3 áreas: O Island of Adventure, parque destinado aos brinquedos com grande escala de adrenalina (hehehe), o Universal Studios, 100% voltado ao cinema, e o CityWalk, onde você encontra restaurantes maravilhosos (Bubba Gump e Hard Rock Cafe são alguns deles), além de lojas e o teatro do Blue Man Group. Diferente da Disney, que tem seus parques espalhados em diversos pontos do complexo, a Universal é tudo ali do lado, e consequentemente, bem menor do que o concorrente. 

Dada as devidas explicações, retomamos ao que eu estava dizendo: gente... que incrível é esse Expresso de Hogwarts! É tão perfeito que você desacredita! E no vídeo no fim do post você vai conseguir me ver atravessando a plataforma bem felizona (como fui em dois dias, inclui a minha passagem da segunda vez que fomos, por isso o figurino diferente, óquei?). 

Logo que você desemboca do trem, já sai de Hogsmade para Hogwarts. Ai que emoção! Não vou ficar me prolongando muito nessa área porque mostrei bastante no vídeo abaixo, mas posso contar o que não registrei em poucas palavras: nesta área do Harry Potter do lado do Island (na Universal também tem e fica para um próximo post) você se acaba em um simulador dentro do castelo, o Harry Potter and the Forbidden Journey, onde chorei litros quando a Hermione apareceu, também encontra diversas lojinhas que te levam a falência (tive que me contentar com uma camiseta e uma varinha, porque tudo era muuuuito caro!), duas montanhas russas, uma mais light para os pequenos (claro que eu fui) e outra bem hardcore que saí trançando as pernas (o boy me fez ir no carrinho da frente ainda, quase matei ele) e o Três Vassouras (Three Broomsticks), o restaurante com o fish and chips mais delicioso do mundo.


Logo em seguida fomos para o Jurassic Park, que fica bem colado com Hogwarts. Isla Nublar e Londres ficam bem coladinhos no mundo Universal, olha que maravilha... E aqui também não vou me prolongar muito porque tem bastante coisa nos vídeos. Mas basicamente é uma atração para 'adultos', tipo um splash, outra só para crianças, fiquei fula da vida porque não podia ir sem a cia de um pequeno (muita mancada isso), lojinhas e restaurantes. Island, por favor, enriqueça mais essa área com o lançamento de Jurassic World, please!?

A próxima área foi a Toon Lagoon, de onde saímos ensopados depois de ir em um brinquedo de água do Popeye, e víamos todo mundo colocando capa de chuva, arrancando o tênis, e quisemos dar uma de machões... fiquei com o pé encharcado o dia todo. Nunca façam isso, sério. Se você ver todo mundo arrancando o tênis, seja mais esperto que eu e arranque o seu também.


Mais a frente encontramos a área da Marvel, e pra quem é fã de quadrinhos, é um deleite. Você encontra os personagens espalhados pelas ruas, alguns simuladores delicinhas, como o do Homem Aranha, o Fear Fall, que despenca de uma altura terrível e quase te faz soltar teus órgãos pela boca e a tão famosa montanha russa do Hulk, que faz o barulho dele quando nervoso em seus trilhos.


Apesar de não ser um parque muito grande, o Island tem diversos brinquedos e atrações que podem levar o seu dia todo para conhecer e apreciar. Portanto, separei algumas dicas batutas:

Dicas batutas do Islands of Adventure:
  • Se você é fã de Harry Potter, é de suma importância comprar o ingresso Park to Park. Sério... o Expresso de Hogwarts é uma atração imperdível, e além do mais, para que você não perca nada, também é imprescindível que você vá e volte de trem nos parques, porque a história da ida é diferente da volta;
  • Se você procura por alimentação saudável ou balanceada, almoce no Três Vassouras, na área do Harry Potter. O cardápio é variado e você consegue se livrar um pouco dos fast foods que  acabamos optando pra poder comer rapidinho e aproveitar o resto do passeio;
  • Quando for tomar a cerveja amanteigada, pegue a caneca de refil. Com mais um dolar, você enche de refrigerante pelo parque inteiro - e só vale para o restante do parque, porque na área do Harry Potter não vende refrigerante;
  • O Island é recheado de single riders (fila para quem vai no brinquedo sem acompanhante), portanto, se sua cia não quiser ir em algum brinquedo, invista nessa fila porque você consegue brincar muito mais rápido;
  • Conheça primeiro todo o parque e deixe para repetir os brinquedos que mais gostou no final do dia;
  • Use sua capa de chuva para os brinquedos que molham, porque diferente dos brinquedos da Disney, no Island o bicho pega;
  • Como eu disse acima, se você ver todo mundo tirando o tênis, tire o tênis. Se você ver todo mundo colocando capa de chuva, ponha a sua capa de chuva.


Dicas batutas dos parques no geral:
  • Dedique um dia para cada parque. Não perca nada pra emendar compras em seguida ou outro parque com pressa, porque você está pagando caro por uma viagem rica em detalhes e encantos; 
  • Apesar de você estar em um país de primeiro mundo, todo cuidado ainda é pouco. Se atente aos seus pertences e ande com o seu dinheiro em uma doleira presa à cintura; 
  • Separe seu dinheiro de alimentação do dinheiro que você poderá gastar aleatoriamente, pois esses parques são terríveis e a tentação é de lascar. Você volta querendo transformar a sua casa na casa do Mickey e se você não tomar cuidado, vai passar fome porque despirocou geral nas lojinhas; 
  • Alguns parques (não sei se tão todos, tá?) possuem armários, mas mesmo assim, leve somente o essencial na sua mochila. No decorrer do dia, por mais que nela tenha somente uma capa de chuva e uma garrafa de água, parecerá que ela tem 50 quilos devido o cansaço. 
  • Roupas e calçados confortáveis SEMPRE. Se possível, deixe seu salto alto ou aquele sapato que aperta seu mindinho no Brasil, porque lá ninguém anda arrumado mesmo. Seu corpo agradecerá no final do dia por ter se preocupado com isso; 
  • Nunca, mas nunca mesmo deixe de pegar os mapas dos parques logo na entrada. Se o problema for o idioma, não se preocupe porque também tem a versão em Português. Você perderá muita coisa se deixar de fazer isso; 
  • Se você gosta de colecionar recordações, corra atrás do Pressed Coin, uma máquina que amassa moedinhas de 1 cent e a transforma em moedinhas personalizadas. Além de ser divertido encontrar as máquinas em todos os parques, as moedinhas costumam ser uma mais linda que a outra. Só não comprei o livro para armazena-las porque preferi guardá-las em uma latinha;
Abaixo você assiste os poucos registros que fiz no Island. Perdoem-me pela péssima qualidade de uma das câmeras, e também pela tremedeira do meu querido "cinegrafista". A emoção era muita:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram