Mischa Barros: 5 equívocos comuns na maquiagem da atualidade

08:00:00


Olá pessoas!
A miga de vocês aqui sofreu um doloroso golpe do destino: fui fazer umas fotos no domingo e guardei minha necessaire com todos os produtos de pele (t-o-d-o-s) que mais gosto na mochila de um amigo. Acontece que essa mochila foi surrupiada, e minhas maquiagens também. Meus melhores corretivos, minha base, meu contorno... Não vamos lamentar porque os itens materiais nós conquistamos, certo?! Certo!
Acontece que minha pele está horrível, e eu necessito "de cobrir" as coisa tudo para poder fazer looks novos e conceituais pra vocês. Como não disponho do poder aquisitivo pra ir e comprar tudo novo no dia seguinte, digamos que a programação pra esse semana foi alterada, de leve.
Depois da breve explicação, o post!
Resolvi falar pra vocês sobre os equívocos da maquiagem nos anos 2000. Por que eu coloquei como equívoco e não como erro? Porque acho que a maquiagem em si é uma maneira de expressão pessoal e intransferível. E se você faz a sua make e se sente bem com ela do jeito que ela é - quando há consciência do que foi feito, não em casos de algum que tentou fazer algo que viu e não obteve sucesso - vai em frente, girl! Então já que acertos e erros podem ser relativos, coloquei como equívocos, ao meu ponto de vista, é claro!

Let's do this:
1 - As sobrancelhas de Instagram (e as mil e uma modas de sobrancelhas que rolaram nos últimos 3 anos).
Nos últimos anos as sobrancelhas sofreram com esse negócio de moda. Foram raspadas, descoloridas, esquecidas ficando excessivamente grossas... Eu já falei sobre sobrancelhas nesse post aqui. Mas o tópico é diferente dessa vez. Posso ser condenada e algumas pessoas não vão entender o que há de equivocado nessas das sobrancelhas. Mas a situação começou a piorar com os mini tutorias de sobrancelhas no IG (tem um vídeo do Wayne Goss ♥ em que ele fala sobre isso, assista que vale a pena). As sobrancelhas passaram de uma parte esquecida do rosto na hora da make, pra algo excessivamente manipulado. Eu já me equivoquei também! CLARO. Se não, não teria graça.
Mas essas sobrancelhas excessivamente preenchidas, geométricas, muito recortadas... Tem muitos "muito".
Então bonitas e bonitos, vamos deixar os pêlos serem pêlos e parecerem com pêlos, escolher um produto pra preencher a sobrancelha da cor adequada né? Deixar o corretivo e o pincel trabalharem menos. Deixemos a sobrancelha super angulada, desenhada e mais 'adas' em outros tempos.

2 - Super contorno.

O contorno... E um minuto de silêncio.
Nada contra, mas eu particularmente nunca aderi a essa moda... não dessa forma. Eu sempre parti do princípio de que a maquiagem - de beleza - serve para realçar as feições e não criar novas. Fica lindo de viver quando definimos levemente as maçãs do rosto, criando uma sombra sutil e dando a ilusão de um rosto mais afilado. Também adoro usar produtos em pó e em tons mais frios para dar uma afinadinha no nariz, disfarçar um queixo ou uma testa que são mais "salientes" (já mostrei como faço minha pele para o dia-a-dia aqui). Mas o contorno, principalmente com produtos cremosos e da forma que vemos hoje nos muitos tutoriais do Youtube... adivinhem!? São técnicas nem um pouco novas. Essas técnicas que estão estourando entre muitas meninas, são técnicas que as Drag Queens usam a anos para suavizar um rosto com traços fortes e mais másculos.  A intenção é criar um novo rosto, e não vejo necessidade disso caso você não seja uma Drag ou não queira, intencionalmente, parecer com uma (não há problema algum com essas duas hipóteses!).

3 -  Mania de bronze.

Aqui em nossas terras tupiniquins as mulheres sempre gostaram de pegar uma cor, até então da maneira mais natural que conhecemos: através do sol. Mas começou uma onde de bronzeamento artificial, e demorou até, mas chegou na maquiagem. Recorrer ao bronzer pra dar uma corada na cútis não faz mal, desde que seja feito da maneira correta: escolhendo um produto de cor e acabamento adequados e aplicando com cautela. Se não você pode:
a) parecer uma cenoura; b) adquirir um brilho seboso; c) ficar com cara de suja.
Porfa, não.

4 - Super-desenhar os lábios


Acreditem, existem uma forma sutil de fazer com que os lábios pareçam mais cheios e volumosos. Da mesma maneira que conseguimos deixá-los com um desenho mais simétrico e harmonioso, ou seja, usando o bom senso a técnica de maneira adequada.
A linha tênue que existe entre lábios mais volumosos e atriz de filmes adultos um look peculiar é muito fina, gente. Sério. Tenho a constante impressão, principalmente com tons pastel e nude, de que o indivíduo tomou um sorvete - ou caiu de cara nele - e esqueceu de limpar a boca.

5 - Pessoas muito bronzeadas com batons em tons pastel/nude apagado.

Desculpem não achar um título mais apropriado pra esse tópico, mas nada mais sincero que isso. Simplesmente algo nisso não me parece correto. E mesmo depois de muito bullying (o povo zoa, hein?) para com esta preferência, ainda existem pessoas que são adeptas do look. Realmente é preferência.
Não só peles bronzeadas, alguns tons ficam com aquela cara de morreu-esqueceu-de-enterrar em pessoas mais pálidas. Como eu disse, simplesmente algo não me parece certo.

Fiquem à vontade pra descordar de mim e me contem, na opinião de vocês, quais são os equívocos mais comuns de maquiagem nos dias de hoje!

PS's:  A citação de uma atriz de filmes "adultos" foi meramente alegre, não há nada de errado com a aparência delas. O mesmo se aplica a Drag Queens, que são infinitas fontes de aprendizado pra um maquiador que consegue filtrar conhecimento, amo ♥!
Deixando bem claro que nada foi dito em sentido pejorativo, e que é tudo questão de gosto! De se sentir bem!
Muah *:

You Might Also Like

1 Comente aqui!

Parceria

Parceria

Facebook

follow me

follow me

Subscribe