Mischa Barros: Sobre Sobrancelhas


Olá bonitas (os)!
Vamos falar sobre esse assunto polêmico: sobrancelhas! Mas por que polêmico, Mischa?
Poderíamos simplesmente conduzir esse assunto com um "vou ensinar pra vocês como preencher suas sobrancelhas e deixá-las lindas!", porém, eu adoro complicar tudo replicar a técnica que eu uso em mim pode não funcionar em você. Da mesma forma que a da fulana não funcionou em mim no passado.
First things first, quem nunca encasquetou com a pinça e acabou tirando pêlos demais? Geralmente na fase da adolescência quando resolvemos revolucionar o visual, as sobrancelhas sofrem. Ou quando você decidiu só dar uma "limpada" e tirou um pêlo que desfalcou tudo? PIOR que tem gente que estende a fase impliquei com a pinça até um ponto em que os pêlos não crescem mais e adivinha qual o resultado? Sobrancelha tatuada! Que eu não aprecio muito, particularmente.
Só pra ressaltar que não estou desmoralizando profissionais qualificados pra tal tarefa, tudo quando bem feito é sucesso na certa. O problema é quem não tem noção alguma e transforma algo ruim em algo pior ainda.
Boa parte do que eu aprendi sobre o assunto foi estudando visagismo e durante a parte teórica do estudo da maquiagem. Também tem a parte prática na qual pude e posso ver muitos rostos diferentes. E mais um dos clichês verdadeiros: a sobrancelha é a moldura do seu rosto, amores. E você pode mudar drasticamente sua expressão apenas mexendo nelas. Então além de clamar pra que você jogue longe a pinça, não siga a primeira dica prática. Eu posso falar viu, gente? Eu sou meu maior exemplo de erros. Pequei por excessos: já tirei demais e já preenchi demais. Só muita fé na causa.

Exemplo de que a mesma coisa não funciona para duas pessoas diferentes:


A Demi Lovato tem o rosto mais arredondado, e pouquinho espaço entre a pálpebra e o osso da sobrancelha, por isso tantos pêlos deram uma "achatada" na expressão.


Já a Lily Collins tem um espaço legal entre a pálpebra e o osso da sobrancelha, a testa um pouco maior. Além de um rosto mais oval. Cada rosto uma harmonia.

Então, primeiramente: analise o seu rosto!
Um exemplo fácil de se notar, meu rosto e o da Sheila. Meu rosto é maior e mais angular (queixo pronunciado, maçãs do rosto, mandíbula), logo, uma sobrancelha fina - como eu costumava usar - deixaria a impressão de um rosto maior do que realmente é, mais cheio e também acaba envelhecendo um pouco.
foto com sobrancelha nua

O rosto da Sheila tem traços mais suaves e um formato mais oval, uma sobrancelha robusta demais derrubaria a expressão e a deixaria permanentemente brava, ou triste. O equilíbrio é fundamental, e dito isso, só invertemos os rostos e as sobrancelhas e adequamos o formato na feição.

Sheila ainda sem franja

Se você não tem essa percepção, e por mais que tente, não consegue analisar o formato do seu rosto e valorizar seus traços, FAZ FAVOR, taca longe a pinça, e deixa a natureza agir. O curso natural provavelmente poderá te favorecer, afinal, foi assim que veio de fábrica. Não está feliz com essa parte tão importante do seu rosto? Existem profissionais qualificados, treinados e experientes, que com certeza vão poder ajudar você de maneira adequada.
Meninos também andam extrapolando nesse quesito, então, vou repetir pra ficar claro! Sou a favor da sobrancelha natural! Joga a pinça pra lá, o pincelzinho e a sombra marrom também, vai. É difícil mas eu estive no seu lugar, e ainda estou. Você consegue e vale a pena! Sem contar que sobrancelha fininha é muito 2011.
Algumas frases serão repetitivas aqui, uma delas é que, é mais fácil valorizar o que você tem de bom do que esconder defeitos.
Tá, mas e a maquiagem, menina?
Existem 3 tipos de sobrancelha: 1 - Aquela que não precisa de nada; 2 - Aquela que precisa apenas de pequenas correções; 3 - Aquelas que quase não possuem pêlos e precisam recriar do zero, digamos assim.
Se você não for abençoada com o primeiro tipo, provavelmente terá o mesmo problema que eu e nós todas: encontrar um produto com cor adequada. Só pra não passar batido, pra mim não existe essa coisa de "cor universal". Hoje em dia não é mais tão difícil encontrar produtos pra sobrancelha com uma gama de cores um pouco maior. Mas por exemplo, eu ainda uso duas cores diferentes pra dar o efeito desejado. (Pra criar textura e dimensão, faço o velho e bom uso do jogo de cores, luz e sombra). Um dos erros mais comuns é achar que a cor da sobrancelha será a mesma do cabelo. Olhe a sobrancelha sem nada, existe uma diferença de cores, mesmo que mínima. Então, fora cabelos de cor fantasia, nada de combinar cor da sobrancelha com cor do cabelo. Vamos procurar um produto que seja da cor dos pelos da sobrancelha.
Escolhendo a cor certa, devemos ter em mente que o canto interno da sobrancelha sempre ficará melhor se "desenhado" de maneira mais suave. Seja com uma cor mais clara ou com o resto do resto de produto que ficar no pincel. Também aconselho o uso de um pincel pequeno e preciso, um que você possa dar pinceladas, imitando o curso natural dos pêlos. Minha preferência é o pincel chanfrado com cerdas firmes.
Temos o pincel e temos o produtos da cor das nossas sobrancelhas? Só seguir o curso natural e preencher as falhas da maneira mais natural possível. De preferência salvando lugares onde não há necessidade.
Como a internet está cheia de guias de sobrancelha, resolvi separar pra vocês o link do que eu mais gosto, com - na minha opinião - as imagens mais claras, mesmo pra quem não fala inglês. Dá uma conferida no Brow Mapping, da Benefit. Vamos aprender mais um pouquinho onde as irmãs devem começar, onde o arco deve ficar e onde ela deve terminar. E você só precisa do seu nariz e um palitinho. Lembrando SEMPRE, adaptar cada técnica ao seu rosto.

Dicas de amiga:
Não pese a mão, evite a sobrancelha geométrica;
Use um pincel chanfrado firme pra conseguir traços finos, tentando imitar os pêlos. Fica mais natural;
Esculpir é um passo opcional, pule essa parte pra um efeito menos óbvio, mas prefira corretivos cremosos se fizer;
Sobrancelha caracol jamais!
Mas se você tem estilo e confiança pra sair ahazando com qualquer sobrancelha, ou até mesmo nenhuma sobrancelha, vai que vai! Não existem regras em preferir algo.

E aí? Gostaram? Qual a sua maior dificuldade em relação às suas sobrancelhas?
Besos *=

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram