Meus melhores do ano

08:00:00

Chegou a minha vez de mostrar os meus melhores de 2011 aqui no PhD, e posso começar dizendo que este ano que está acabando foi muito importante pra mim em diversos aspectos, desde amadurecimento, conhecimento, até realização profissional. Mas vou contar um pouco subdividido nos nossos tópicos. Vamos lá?


Melhor acontecimento

O melhor que aconteceu na minha vida neste ano foi ter me encontrado profissionalmente, finalmente. Desde 2007 eu trabalhei em assessorias de imprensa, mas não me sentia 100% feliz. Atualmente, trabalho com mídias sociais home office, e pude fazer da minha diversão, o meu ganha pão: ser blogueira. Também produzo conteúdos para diversos blogs de empresas e empreendimentos, e posso encher a boca pra dizer que hoje estou feliz de verdade: começo a semana sem me lamentar da segunda-feira, nem vejo a hora passar enquanto crio, e o melhor de tudo, faço o que gosto de verdade.


Melhor lugar que conheci


Quando falo em 'adquirir experiência', posso dizer que o SPFW foi o melhor lugar que conheci em 2011. Pude entrar neste universo da moda e conferir de pertinho o que acontece por lá e saber porque as pessoas quase saem no tapa para conferir um desfile. Certamente nem tentei (odeio violência - risos), mas o que pude ver foi o suficiente. Muita gente bonita, outras que passam dos limites, e posso afirmar que criei uma expectativa muito maior da que eu realmente conheci. Não sei se fui na edição em que a simplicidade reinou ou se realmente imaginei algo muito mais grandioso do que é de verdade.

O que mais me engordou

Este ano foi crucial pro meu aumento de peso, não vou negar. Fica até meio difícil eleger o melhor dos melhores nesse quesito, pois a dúvida paira por aqui. Mas pra não passar batido, escolhi dois, com focos distintos:

A Creperia Central das Artes fica no bairro de Perdizes, na capital paulista e tem todo um visual anos 50, devido à construção original do casarão que a abriga. Os pratos são divinos, com combinações de recheios bem exóticos, com salada farta como acompanhamento. Achei um preço bem razoável para um sabor inesquecível! O meu preferido se chama 'Gilberto Gil', um crepe com camarão, catupiry e abóbora. Bateu vontade só de escrever...

Já o Marques Hamburguer, situado no bairro de Santana, é assim... marcou pra ir a noite? Almoce bem pouco e cedo, de preferência. Tanto o lanche como a maionese são 100% caseiros, fora o tamanho... então vá com fome! Se a gula for enorme, peça também um milk shake - é delicioso e bem servido.


O esmalte do ano


Não pude eleger uma cor específica porque eu gosto de tantas que seria uma tortura ter que escolher somente um, mas optei por escolher uma forma diferente de usar esmaltes. Adorei essa onda de filha única e super adotei ao meu estilo! São inúmeras combinações que podemos utilizar pra dar aquela 'modernizada' no visual. Tem gente que odeia, tem gente que adora... como também tem gente indiferente.

Avaliando o 'IBOPE' tanto com vocês phdetes como com as amigas mais próximas, pude notar que o queridinho do ano foi o Segunda Pele, da coleção Fórmula Secreta, da Colorama:



Testei, aprovei e não largo mais

Quem acompanha o PhD sabe que em abril eu entrei pro time das loiras, e com isso, toda a minha rotina com os cabelos mudou. Quando adotei produtos específicos para cabelos loiros, testei, aprovei e me apaixonei por esta duplinha aqui:


Porque não basta ser loira, tem que cuidar da juba pra não ficar água de salsicha, né gatas?
O Amend é ótimo para abrir o loiro, e o Phytoervas de Camomila, além de deixar os cabelos bem macios, cheirosos e bem tratados, ajuda no efeito do Amend. Testei, aprovei e nunca mais largo (ou até meu último dia como loira).


A música mais linda...

A canção que mais me marcou em 2011 não foi lançada no ano referido, mas fez muito sentido depois que perdi uma amiga pro câncer, a Alessandra, em outubro. Quando fui ao show do Pearl Jam, no começo de novembro, fiquei esperando a banda tocá-la, mas não rolou. - foi até melhor porque eu já tinha chorado horrores - Cada estrofe explica exatamente a saudade que a Ale deixou em todos nós...




Filme que mais gostei

Neste ano pude perceber que quanto mais o filme remeta à minha infância, melhor. Por isso, escolhi uma saga e um longa para representar meus queridinhos de 2011:


Eu super resisti aos encantos de Harry Potter... até este ano. Depois acabei me rendendo à saga. Tudo isso graças ao boy magia, que gosta e acompanhou desde o lançamento do primeiro livro, A Pedra Filosofal. Antes de conferir o último filme no cinema, fizemos uma temporada em casa, com pipoca e cobertas, porque eu não tinha visto nenhum. Virei fã.





Super 8 é a junção de Spielberg + J.J Abrams = minha infância de deixar qualquer um que nasceu nos anos 1980 apaixonado. Assisti no cinema (caprichamos na escolha da sala, porque né?), comprei o filme e ele é um dos que guardo num cantinho especial da estante. E não adianta pedir emprestado, que minha resposta será 'não'.



O lugar mais marcante


Estádio do Morumbi, 4 de novembro. Show do Pearl Jam. Sem mais.

(Fiz um post sobre o show e você pode conferir clicando aqui).



Melhor livro do ano

Vocês não vão rir da minha cara só porque eu terminei o primeiro livro do Harry Potter agora, né? Como disse anteriormente, comecei tarde no babado, e como sou uma garota muito prendada, ao invés de só me encostar no filme, parti também para os livros, já que a versão para as telonas é um resumão da obra original. Percebi que muitas coisas no filme passamos a entender melhor lendo cada página, fora também que é uma delícia relembrar tudo projetando as cenas na cabeça.
Agora comecei a Pedra Filosofal, mas espero partir para a terceira parte muito em breve.





Melhor série

Eu não sou muito boa para eleger o melhor dos melhores, acho que já deu pra perceber. Com as séries não seria diferente. Acompanho várias de uma vez só, mas em 2011 duas especificamente me deixaram viciada, tanto é que fiz até post escrevendo sobre elas: American Horror Story e The Walking Dead. Ambas podem ser conferidas clicando aqui.


O melhor para todos nós

Em um resumo básico, 2011 foi um ano especial pra mim. Aqui no PhD pude receber novas integrantes super dedicadas na casa, que transformaram esse cantinho tão especial pra mim em um 'ambiente' mais maduro e descontraído ao mesmo tempo. Não sei vocês, mas adorei o novo visual, os novos assuntos abordados, e principalmente, a nova escala de posts (no ano passado publicávamos somente um texto por semana, e somente contos) e prometemos muitas coisas boas para 2012. 
Os meus votos para todos que aqui frequentam é um ano cheio de conquistas e novos sonhos, para que sempre tenhamos algo pra lutar e buscar na vida. E acima de tudo, muito conhecimento... algo que nunca é demais, já que somos PhD em vai saber lá o que, né?
-
E quais são os melhores do ano de vocês? Contem pra gente! E se curtiu este texto, clique no botãozinho aqui debaixo!
Vale lembrar que queremos deixar o PhD cada vez mais com a sua cara, e para isso, precisamos que vocês respondam esse questionário aqui. É rapidinho e indolor!

You Might Also Like

0 Comente aqui!

Parceria

Parceria

Facebook

follow me

follow me

Subscribe