'miga, esse babado ninguém merece!'

Ale, dezembro de 2005
"Ai miga, queria ser forte assim como você...", me dizia em nossas conversas sobre relacionamentos.
Mas ela não imaginava que essa fragilidade só estava presente na sua vida sentimental.
Alessandra amava intensamente, assim como era intensa em tudo o que fazia. Isso a tornava uma pessoa de extrema responsabilidade e centrada em tudo que fazia, desde sua vida pessoal até no trabalho e nos estudos.
A prova de que ela não era tão sensível como imaginava veio de uma forma dura. E diante dos obstáculos que a vida lhe propôs, Alessandra se deu conta que era muito mais forte que eu, e mais que diversas, talvez a maioria, das mulheres do mundo.
Há alguns anos, seu médico diagnosticou um nódulo no seio, e depois de um tratamento intensivo de quimio, radioterapia e algumas cirurgias, a incrível Ale se viu livre do câncer, e da peruquinha que tanto esquentava sua cabeça. Agora ela partira para um aplique nos cabelos que já estavam crescendo, e completou 30 anos turbinada e elegante, como ela mesmo disse.

No trabalho, em 2005. Nossas carinhas de pirralhas...

Em todas as nossas conversas a Ale tinha algo novo pra contar. E em todas as histórias de seu antigo amor  ela sempre tratava de seu relacionamento sem final feliz com um humor invejável. Nunca foi daquelas que reclama da vida sem o sorriso no rosto. Era mais divertido enfrentar os problemas com bom humor do que chorar as pitangas... Não era isso que resolveria seus problemas.
Se no amor ela se julgava sem sorte, na vida ela era a maior sortuda do planeta. Era dona de um sorriso lindo, tinha uma família cheia de amor pra dar e uma garra que nem ela imaginava ter. E em agosto deste ano, Alessandra me ligou mais uma vez:
'Miga, tô ligando pra avisar que vou entrar na quimio de novo! Não se preocupe... é um caso fácil de tratar, segundo meu médico. Prometo me alimentar bem como da outra vez...'
Foi uma hora de conversa. Rimos tanto que nem parecia que ela tinha contado uma notícia preocupante. Esse era o jeito da Ale... essa era sua vida, esse era o seu clube.
Depois deste dia, crente que estava mandando bem no tratamento, não falei mais com ela. Até que recebi a notícia que ela estava em coma no hospital. O tratamento desta vez tinha deixado-a mais vulnerável, e com muitas dores nos ossos, Alessandra deu entrada no hospital consciente. Contou tudo o que estava acontecendo aos médicos e após alguns dias sedada, minha amiga entrou em coma profundo.
Fui visitá-la e a encontrei dormindo numa serenidade sem igual. E ver a sua família ali, toda reunida, me encheu de esperança que, em algum momento, ela encontraria a luzinha no túnel escuro e voltaria pra gente. Os médicos disseram que o câncer já tinha se espalhado, mas e a vontade de acreditar que tudo era possível? Aprendi com a Ale...
Infelizmente, depois de 9 dias, Alessandra Vanessa Domingues faleceu, na manhã de um domingo bem bonito. Nos seus 30 anos de vida, muitas pessoas foram conquistadas por seu sorriso incrível, sua simpatia e sua amizade verdadeira. A Ale amava de verdade. Amava todos que viviam ao seu redor. Se formou advogada e faltou só um pouquinho para conquistar sua OAB. E hoje me envergonho de todas as vezes que falei mal da vida; que reclamei de coisas tão simples de resolver. Me envergonho por todas as vezes que entrei em desespero, ao invés de me preocupar em encontrar a solução dos problemas. Condenamos tantas coisas fúteis por conta de fatos que teimamos ser o melhor pra gente, mas quando vemos lá na frente, o melhor foi realmente não ter acontecido. Somos tão teimosos e egoístas que colocamos nossos pequenos problemas insignificantes na frente de outros tão maiores e fazemos disso o final do mundo.
Mas hoje vou mudar. Na verdade, comecei ontem. Antes de reclamar vou procurar a solução. Antes de me sentir vitimada, vou olhar o lado positivo de tudo... e será que antes de questionar e reclamar do que aconteceu ou deixou de acontecer, não vale a pena a gente se perguntar 'será que fiz o esforço necessário pra que fosse diferente?'.

Se podemos fazer diferente, porque não tentar? Pra tudo há uma solução. A da Ale foi sorrir...
Eu que queria ser forte como você. E um dia vou conseguir.
Descanse em paz, miga! E que sua alegria seja curtida por todos os anjinhos deste céu que você com certeza já tomou conta, já colocou ordem em tudo e chegou dizendo 'esse babado ninguém merece!'.

Alessandra Vanessa Domingues 
28 de junho de 1981 ♥ 9 de outubro de 2011

-
É com a linda história da Alessandra que iniciamos uma campanha contra o câncer de mama. Até quarta-feira teremos assuntos diversos sobre o tema, assim trocamos ideias de conscientização e como passar longe dessa doença que assola milhares de mulheres no mundo todo.
Contamos com sua figurinha nesta troca :)



14 comentários:

  1. Alguém lá em cima precisava da energia desse sorriso, linda homenagem, She, tão linda quanto a protagonista dessa história de vida tão intensa. Tenho a certeza de que de onde ela estiver o sorrisão está estampado no rosto e direcionado a você.

    ResponderExcluir
  2. Poxa Sara, não chorei escrevendo o texto, mas você destrancou minha torneirinha com o seu comentário. Espero de coração que essa mensagem chegue até ela...
    Obrigada :)

    ResponderExcluir
  3. Puxa, sinto muito Tuka. É difícil ver alguém tão nova partir, ainda mais qdo se está tão próximo do nosso ♥

    ResponderExcluir
  4. Agora você, e os familiares dela tem o anjo mais sorridente de todos. Que lindo a forma que ela escolheu ver a vida.

    E a sua homenagem foi maravilhosa She :)

    ResponderExcluir
  5. Obrigada, Bru! Foi de peito aberto que escrevi. Ela faz falta, mas ela também se foi por uma causa nobre. Foi recrutada pra trabalhar do lado de pessoas como ela, não é mesmo? rs
    E obrigada à todos os comentários... estamos redirecionando todos de todas as redes sociais para cá!

    ResponderExcluir
  6. Ficou linda esta homenagem , concerteza este sorriso lindo da Ale vai ficar em nossos corações pra sempre ...

    ResponderExcluir
  7. Nossa uma homenagem linda!!!!Não tem como não chorar...

    ResponderExcluir
  8. Linda, linda a mensagem. Os céus certamente está em festa.
    Antes de reclamar vou procurar a solução² #perfeito

    ResponderExcluir
  9. Lindaa lindaa, mais do que merecida essa homenageem !

    ResponderExcluir
  10. Compartilhei com todo o carinho de quem viu de perto a infancia dessa criatura maravilhosa .

    ResponderExcluir
  11. Lindo era assim que ela era realmente...

    ResponderExcluir

Instagram