Os melhores livros da quarentena - pt 2



Continuando a saga dos livros indicados para a quarentena, hoje trago mais três títulos de arrancar suspiros, e que deixarão o seu isolamento social um pouquinho mais leve:


Amor e Gelato - Jenna Evans Welch


Acho que o nome por si só já é sugestivo: Amor e Gelato é aquela história deliciosa, que você perde até a hora de dormir, porque a vontade de descobrir o que acontece em seguida te consome! E particularmente falando, há neste livro tudo o que eu mais amo: um cenário europeu, personagens cativantes e um desenrolar envolvente. Logo nas primeiras páginas eu pensei que odiaria Carolina, mas logo me vi tão encantada por ela quanto Howard e Ren. Em Amor e Gelato sim, você vai conhecer histórias de amor, mas mais do que isso, é uma história de duas jovens, em momentos diferentes, tentando se encontrar.

Sinopse:

"Um verão na Itália, uma antiga história de amor e um segredo de família. Depois da morte da mãe, Lina fica com a missão de realizar um último pedido: ir até a Itália para conhecer o pai. Do dia para a noite, ela se vê na famosa paisagem da Toscana, morando em uma casa localizada no mesmo terreno de um cemitério memorial de soldados americanos da Segunda Guerra Mundial, com um homem que nunca tinha ouvido falar. Apesar das belezas arquitetônicas, da história da cidade e das comidas maravilhosas, o que Lina mais quer é ir embora correndo dali. Mas as coisas começam a mudar quando ela recebe um antigo diário da mãe. Nele, a menina embarca em uma misteriosa história de amor, que pode explicar suas próprias origens. No meio desse turbilhão de emoções, Lina ainda conhece Ren e Thomas, dois meninos lindos que vão mexer ainda mais com seu coração. Uma trajetória que fará Lina descobrir o amor, a si mesma e também aprender a lidar com a perda. Amor e Gelato é uma deliciosa viagem pelos mais românticos pontos turísticos italianos, com direito a tudo de mais intenso que o lugar tem a oferecer: desde paixões até corações partidos."




A pequena livraria dos corações solitários - Annie Darling


(disponível no Kindle Unlimited)

Se você procura por uma leitura leve, rápida e descontraída, este é o livro. Não há uma história mirabolante, nem personagens impactantes, mas como toda história de atmosfera inglesa, você vai se divertir com toda a simplicidade da trama. Morland é aquela personagem que você perderia facilmente a paciência, caso convivesse com ela, por toda a sua insegurança e falta de uma postura mais firme sobre suas decisões. Já Sebastian... bem... ele é propositalmente detestável - e é justamente isso que vai te prender de maneira divertida à história. Confesso que bati uma leitura dinâmica ali no livro da Morland, mas fora isso, foi uma delicia de entretenimento.

Sinopse:

"Era uma vez uma pequena livraria em Londres, onde Posy Morland passou a vida perdida entre as páginas de seus romances favoritos. Assim, quando Lavinia, a excêntrica dona da Bookends, morre e deixa a loja para Posy, ela se vê obrigada a colocar os livros de lado e encarar o mundo real. Porque Posy não herdou apenas um negócio quase falido, mas também a atenção indesejada do neto de Lavinia, Sebastian, conhecido como o homem mais grosseiro de Londres. Posy tem um plano astucioso e seis meses para transformar a Bookends na livraria dos seus sonhos ― isso se Sebastian deixá-la em paz para trabalhar. Enquanto Posy e os amigos lutam para salvar sua amada livraria, ela se envolve em uma batalha com Sebastian, com quem começou a ter fantasias um tanto ardentes... Resta saber se, como as heroínas de seus romances favoritos, Posy vai conseguir o seu “felizes para sempre”. A história de Posy é a primeira da série A Livraria dos Corações Solitários, que vai retratar cada um dos funcionários da livraria, um “alegre bando de desajustados”, que por uma razão ou outra desistiram do amor e, ainda assim, o encontram quando menos esperam."




O primeiro dia do resto da nossa vida - Kate Eberlen


Li algumas críticas negativas sobre este livro, mas posso dizer que senti o oposto do que disseram nas tais críticas. A obra conta a história de duas vidas distintas de Gus e Tess, que apesar de terem realidades diferentes, enfrentam situações semelhantes. Anos se passam e essas histórias se entrelaçam de maneira suave, quase imperceptível, e ter paciência para que finalmente os protagonistas se conheçam é fundamental. A autora me fez viajar para lugares que sonho conhecer, mostrou que a resiliência pode muitas vezes trazer certos sentimentos à tona, mas a sensação de dever cumprido sempre será impagável. Recomendo a leitura de olhos fechados: pela leveza da narrativa, pela condução dos personagens, e principalmente, pela mensagem linda presente a cada capítulo. 

Sinopse: 

“Se existe um casal ‘destinado a ficar junto’, é Tess e Gus. Esta história bem-humorada, comovente e encorajadora retrata duas vidas que se cruzam ao longo dos anos, mas que, por pouco, não se ligam. Tess e Gus foram feitos um para o outro. Só que eles não se encontraram ainda. E pode ser que nunca se encontrem... Tess sonha em ir para a universidade. Gus mal pode esperar para fugir do controle da família e descobrir sozinho o que realmente quer ser. Por um dia, nas férias, os caminhos desses dois jovens de 18 anos se cruzam antes que os dois retornem para casa e vejam que a vida nem sempre acontece como o planejado. Ao longo dos dezesseis anos seguintes, traçando rumos diferentes, cada um vai descobrir os prazeres da juventude, enfrentar problemas familiares e encarar as dificuldades da vida adulta. Separados pela distância e pelo destino, tudo indica que é impossível que um dia eles se conheçam de verdade... ou será que não? O primeiro dia do resto da nossa vida narra duas trajetórias que se entrelaçam sem de fato se tocarem, fazendo o leitor se divertir, se emocionar e torcer o tempo todo por um encontro que pode nunca acontecer."

E aí? Conta para mim qual você se interessou mais - ou qual você lerá primeiro!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram