Poulain: Estranhos


Desde a sua chegada, tudo se tornou diferente. A cada passo, a cada madrugada, a cada dose de tequila, eu me sentia quente. Meu rosto avermelhava na sua presença, eu não entendia bem o que aquilo poderia ou pode significar.
Os corredores nunca viram tantas cores reunidas como naquela noite. Fazia calor, tudo conspirava ao nosso favor, até as estrelas pareciam brilhar mais naquela noite.
Os cortes estavam cicatrizando, os hematomas se tornavam amarelados, nossa ligação, foi inevitável desde aquele dia.
Meu genio rude, foi amolecendo, eu não queria me entregar dessa forma, sabendo que amanhã eu não o teria mais...

Entre taças de champagne fomos nos despindo, era como se estivéssimos juntos há anos. Houve mais do que sexo naquela noite. Havia uma outra ligação suprema entre nós, distinta, como éramos um ao outro.
Na manhã seguinte, ele iria embora, pra longe, voltaria pro seu lugar, e eu continuaria aqui, esperando...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram