Gita & Parte 7 (Final) & O fim de todo recomeço


É fácil imaginar um conto de fadas se achamos que vivemos um, mas quando a realidade bate em nossa porta, então descobrimos um mundo velho de verdades e outro - novo de lições...

E assim, depois de muitos desencontros, fui ao evento contratado, o qual veria Tuka e não vi! Só me lembro da conversa e nossos 10 minutos de reflexão... Me recordo especialmente dos momentos de conclusões, e graças a eles, esqueci meu conto.

Esquecer... seria só mais um verbo se não fosse cheio de atitude covarde. Eu e Sol esquecemos de nos entregar, esquecemos de reviver definitivamente outra vida senão aquela já impregnada e estável aos nossos corações e razões. Então eu, sumi.

Desisti de responder e-mails, de receber ligações pretenciosas. Esqueci na memória o que foi uma pessoa cheia de intenções das quais nenhuma realmente me satisfez... Então me perguntem o caminho deste segredo e eu responderei que está na decepção.

Eu admirei e me decepcionei.

Me lembro apenas que no dia do evento, Tuka me esperava em seu carro... mas eu era escrava da privada e do tempo, e de um papelote que insinuaria a gravidez. Fiquei inerte e inerente ao que seria meu futuro.... De repente, seria mãe novamente, e de alguém que conheci tão de repente quanto o fim do meu conto!

Não fiz mais nada além de vislumbrar meu amanhã. Esqueci de Tuka, esqueci de todo o resto, até a vida me acordar com uma certeza - de que o fim de todo remeço é simplesmente assim - sem pretensão de ser fim até que ele chega, deixando o tudo para recomeçar...



F I M


Imagem: google

2 comentários:

  1. E que venha um neném cheio de saúde para dar mais alegria ao teu dia irradiante!

    ResponderExcluir
  2. oie ! :}
    passando pra dizer que tem selinho pra você no meu blooog *-*

    beijocas :*

    ResponderExcluir

Instagram