Maryah C.: Você realmente não está mais a fim dele

02:20:00

A sua saída naquela noite não tinha a mínima pretensão ou expectativa de ser para experimentar 'alguém' novo. A sua apatia era visível. Todos que passavam e esboçavam pelo menos a tentativa de reciprocidade de um sorriso eram infelizes na iniciativa. Não era arrogância, nem pose, você simplesmente não estava a fim. Só queria curtir um momento com os amigos, o ambiente diferente e aquele som. Por acaso, fixação, ou destino (esta seria sua possível conclusão antes de ler este post ), ele cruza a pista em sua direção, passa quase despercebido, e não corresponde aos seus anseios. E então, em menos de segundos, sem que nem você pudesse se dar conta, as suas reais e remotas boas intenções ao aceitar o convite de estar naquele lugar apenas para curtir a sua recém- liberdade, sendo a mais nova solteira da face da Terra, se desfizeram. A sua única certeza a partir da discreta e súbita aparição daquele cara, era a que já o desejava antes mesmo de tê-lo visto. Uma única resposta ao seu olhar foi preciso para incitar a apresentação. Vocês se encontraram no corredor, e começaram a conversar. E quanto mais o papo fluía e vocês iam se conhecendo, a certeza e o desejo, agora de ambos, eram gradativos. Quase não se tocaram antes de trocar os números de telefone com o compromisso de se encontrarem qualquer dia para irem ao teatro, a convite dele. E que homem faria uma proposta similar em meio a ensurdecedoras batidas de psy, techno ou trance?! Ele sabia por onde começar. Antes de ir embora você se deixa beijar e abraçar pelo até então, único e último gentleman do universo, a ponto de quase desacreditar a conquista mais imprevisível que pudera obter no fim daquela noite. Afinal, a expressão ‘fim de noite’ já fala por si. Mas o que era para representar o fim, foi só o começo. A sensação tranquilidade + consternação cessou quando você ainda buscava algum indicativo quantitativo ou qualitativo sobre aquele homem extraordinário nos sites de relacionamento virtuais, e mais do que subitamente, seu celular disparou, com o toque da música que você escolheu especialmente ao personalizar o contato do iminente candidato a assumir o posto de novo amor da sua vida. Era incrível a sensibilidade com que ele falava, como se interessava em saber de você, como os assuntos se encaixavam, e vocês se tornaram cúmplices durante meia-hora de conversa, trocando mensagens instantâneas. Como são admiráveis as pessoas que não conhecemos bem, mas naquele momento, nada remetia ao Millôr.
O primeiro encontro foi no cinema. No calor do convite ninguém (nem mesmo você que está lendo este post agora) se lembrou do teatro. Após o filme, vocês ganharam mais intimidade- a suficiente - para retornarem ao ponto do desejo do ‘fim de noite’ que se conheceram, e deixarem subentendido o local e ocasião da próxima vez que se encontrariam. A capacidade de surpreender é inerente a poucos, mas ele a exercia sem o mínimo esforço e em todos os sentidos, com perfeição. Porém, o que pra você poderia durar a vida inteira, ele resumiu a duas semanas. O então futuro amor da sua vida desapareceu como se não houvesse surgido. Sim, você pode até ter desfrutado de todas as maravilhosas e efêmeras sensações daquelas noites bem sucedidas, mas agora está sozinha. Motivos para ligar, mandar flores e responder seus e-mails ele ainda não encontrou, apesar da mulher ideal que ele a pintou. Se um dia ele se lembrar dos investimentos e faturas de cartão de crédito que valeram aquelas noites com você, talvez lhe convide para o teatro, desta vez por sua conta. Afinal, não faz parte dos relacionamentos modernos esta troca?! Mas não faz mais parte de você esperar que o seu príncipe encantado chegue com palavras bonitas no meio da balada, só para satisfazer o seu alter-ego.Mesmo porque estes príncipes estão por toda a parte, e sabem, quase com maestria, contrariar todas as suas intenções iniciais, só porque o seu rosto bonito o encantou, e você pode lhe render um fim de noite prazeroso. E é deste tipo, que eu desejo que você definitivamente não esteja mais a fim.

Imagem: Photobucket


You Might Also Like

0 Comente aqui!

Parceria

Parceria

Facebook

follow me

follow me

Subscribe