Poulain pt11: Lovesong

21:16:00


Uma manhã cinzenta cobria o céu naquele sábado.Entre lençóis, ele me declarava pequenos versos de uma música - nossa :

-'Sempre que estou sozinho com você
Você me faz sentir alegre novamente
Por mais longe que esteja
Eu sempre vou amar você
Por mais distante que eu fique
Eu vou sempre amar você
Qualquer palavra que eu fale
Eu vou sempre amar você
Eu vou sempre amar você.'

Aquilo enchia meu coração, me fazia feliz, por alguns instantes, eu não sentia medo, não sentia frio na barriga, eu estava certa que ficaríamos juntos...pra sempre.
Mas em poucos segundos, eu me sentia presa ao medo de novo, medo de ficar sozinha, medo de serem só palavras!
Não tinha tempo, no domingo cedo partiríamos para o interior de São Paulo, onde ocorreria o tão esperado desfile.Estava tudo ok, tudo, menos nossas malas.
Luque seguio para a sua casa, aprontar sua mala.Arrumei minha mala, cheque-a milhares de vezes antes de coloca-la próximo a porta da sala.
Luque dormiria em casa novamente, compartilharíamos de um jantar a dois, um jantar que eu faria pra ele, como se fossemos marido e mulher, a campainha tocou, e eu acaba de por os pratos na mesa.

- Boa noite.

Luque, estava com um buquê de rosas vermelhas em mãos, e uma torta para a sobremesa, sem responder o boa noite, me larguei em seus braços, sentindo o cheiro das rosas misturado com o seu perfume, era maravilhoso, era uma sensação inexplicável, compartilhar silêncio!

You Might Also Like

1 Comente aqui!

Parceria

Parceria

Facebook

follow me

follow me

Subscribe