A verdadeira história de Ned Kelly


Ned Kelly já foi retratado algumas vezes no cinema, e essa é a mais nova (e psicodélica) versão do fora da lei mais famoso da Austrália. "A verdadeira história de Ned Kelly" (The true story of the Kelly Gang), dirigido por Justin Kurzel (Assassins Creed, Macbeth entre outros), traz a visão do próprio Ned Kelly sobre sua vida, narrada como uma carta escrita ao seu filho, ou seja, espere assistir um filme perturbador, cheio de ambiguidades, controvérsias e narrativa propositalmente maluca (o aviso indireto já é dado logo nos primeiros segundos do filme, com uma frase específica que se contradiz logo de primeira).





E justamente por ter uma narrativa meio pirada que é importante saber um pouco da história de Ned Kelly,  afinal de contas, o cara não falaria dos próprios erros para o seu filho como se realmente fosse algo errado, não é mesmo? Todos os assaltos, assassinatos, entre outros crimes cometidos pela figura real são levemente citadas por outros personagens, mas mostrado por Ned como acusações injustas (você pode conhecer mais da história clicando aqui, ou assistindo outros longas sobre o personagem, que já foi interpretado por Mick Jagger e Heather Ledger).


Ned Kelly é conhecido como o verdadeiro Homem de Ferro
Ned Kelly é conhecido como o verdadeiro Homem de Ferro


Você conhecerá a infância de Ned na primeira parte do filme, marcada pela pobreza e crimes que toda a sua família se viu envolvida por gerações, até o momento de sua prisão, ainda menor de idade. A segunda parte, já em sua fase adulta, é uma sucessão de acontecimentos que se contrariam com sua narração, com muitos fatos mostrados de forma subentendida, o que para mim foi bastante proposital justamente para mostrar ao espectador não só a personalidade inquieta e ansiosa de Kelly, como também a sua ignorância e sua visão bastante distorcida do que é o certo e o errado. 




O que não pode deixar de ser ressaltado é que o ilustríssimo elenco é o verdadeiro responsável por deixar este filme incrível - George MacKay já tinha mostrado o quão bom é atuando em Capitão Fantástico e 1917, mas encarnar Ned Kelly realmente foi surpreendente. Charlie Hunnam e Russel Crowe dispensam qualquer comentário, né? E Thomasin McKenzie, de Jojo Rabbit, também não passa batido como Mary - por quem Ned se apaixonou.





Os cinemas no Estado de São Paulo voltaram agora em outubro, e "A verdadeira história de Ned Kelly" é uma das poucas opções disponíveis para as grandes salas - mas acredite, isso não é um problema. Não é um filme fácil, as cenas são pesadas, incômodas e confusas, até com uma pitada alternativa, que faz valer a pena cada segundo. Vou falar a verdade para você: se busca por um filme para entreter e relaxar, escolha outra opção que não seja essa. Para assistir a verdadeira história de Ned Kelly, você precisa estar em um bom dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram