#upgrade: Enfim, mudamos - os perrengues de qualquer mudança


Depois de quase um mês preparando caixas, pintando paredes e perdendo o sono de ansiedade, enfim mudamos. Não posso dizer que foi fácil, tem muita coisa para resolver, mesmo depois de instalados. E não digo isso por conta da bagunça não... digo isso por depender de outros, nem sempre dispostos, para resolver perrengues. É a NET que a gente agenda depois de brigas envolvendo a Anatel que não aparece, é o condomínio que não libera uma entrega por conta do horário, e mais uma infinidade de coisas que pontuarei abaixo, não para me lamentar, mas para dizer à você, caro leitor que deseja se mudar, que antes de curtir seu novo lar, você terá que se preparar psicologicamente para lidar com coisas que você nem tinha imaginado - e que são super normais em uma mudança:


Por mais que você passe dias se preparando, alguma coisa será esquecida


Quando agendamos a mudança, preparei uma planilha com coisas que não deveriam ser esquecidas: mudar os endereços de correspondência, agendar mudança da TV a cabo e internet, até pegar a chave reserva do carro com a vizinha de vaga. Só me esqueci de uma coisa muito primordial: montar um kit de sobrevivência para o primeiro dia. Acho que seria fundamental se eu tivesse montado uma caixa socorro, com alguns copos, talheres e pratos, toalhas, roupa de cama, sabonete e algumas comidinhas ao alcance para ninguém passar aperto naquele primeiro dia caótico na nova casa. Afinal de contas, depois de um maratona cansativa carregando caminhão, ninguém vai ter pique pra sair caçando isso.


Alguma coisa vai quebrar


Por mais cuidado que você tenha, a não ser que você contrate uma empresa especializada, alguma coisa vai ser danificada. Não conheço uma pessoa que mudou e não perdeu algo, ou estragou alguma coisa. O saldo por aqui foram: uma estante e um rack ralados, penteadeira arranhada, um fogão com a tampa solta, o pé da minha mesa de trabalho quebrado e algumas coisas entortadas. Ainda não abri todas as caixas, mas espero que tenha sido só isso.


Algum serviço te deixará na mão


No meu caso, foi a NET (pra variar). As vezes você pode dar a sorte de conseguir a pontualidade britânica com eles, mas para mudar o endereço do serviço que contratei, precisei apelar para a Anatel. E olha que tentei agendar com a maior antecedência do mundo! Depois de um mês de briga, finalmente conseguimos o tal agendamento para o mesmo dia da mudança, mas claro que ninguém apareceu. Quando resolveram aparecer, o técnico com mais má vontade da empresa chegou aqui e não conseguiu desentupir o canal de passagem do corredor para o meu apartamento, e foi embora com a maior pressa da Terra. Depois de xingar muito no Twitter e contar com a ajuda de anjos da manutenção do condomínio, finalmente a internet foi instalada, e já posso contar pra vocês tudo sobre isso, rs.


Prepare-se para o condomínio dificultar a sua vida


Quem muda de condomínio para condomínio sabe a dor de barriga que é agendar mudança, porque ambos precisam ter uma data livre para tal, já que esses residenciais limitam o número de mudanças por dia (já pensou se todo mundo resolve mudar no mesmo dia? Ia virar uma zona). Não é só chegar com o caminhão e enfiar suas coisas no apartamento - você tem horários a cumprir e nem sempre o itinerário da sua casa até o carreto será fácil. Aí meu amigo, prepare-se pra ter gente reclamando do seu sofá no hall do prédio, o condomínio não querer aceitar a entrada do seu caminhão porque não encontra o seu agendamento no dia, gente querendo usar o elevador de serviço enquanto você tenta colocar uma cama box dentro dele, e você ouvindo reclamação porque não teve tempo de subir seus móveis sem exceder o horário permitido.

Você vai gastar o que não imaginava


Seja com gasolina, comida ou uma segunda viagem do carreto que não estava programada. 


O corretor da sua antiga moradia não vai facilitar


Principalmente se for decisão sua desocupar o imóvel, e não do proprietário. A pintura que você fez na parede super apoiada pelo dono quando alugou vai ser um problema, mesmo se você ocupou o imóvel com as paredes imundas, aparecerá alguma conta X pra você pagar... tudo é muito lindo com a imobiliária ou corretor quando você aluga, mas quando você sai é sempre um drama. Posso dizer isso por nunca ter tido sorte com essas experiências, ou pode ser algo comum mesmo. Isso vocês que vão me dizer, rs.


É cansativo, mas não se desespere


A casa ficará bagunçada por alguns dias, você vai ter dificuldades para se encontrar no começo, mas tudo é uma questão de tempo para melhorar e entrar nos eixos; tenha paciência. E para não surtar, faça tudo no seu tempo, e quando bater o cansaço, pare, vá comer, relaxar e amanhã será outro dia.

Por fim, por mais que pareça que os problemas nunca terão fim, saiba que uma hora eles vão acabar. E você verá que valeu a pena ter paciência: nada é melhor que recomeçar em um lugar novo, e restaurar as energias em novos ares. E se você tiver amigos como os meus, que ajudam em pintura, em mudança, em faxina e em apoio moral, pode ter certeza que você terá mais motivos para agradecer do que para reclamar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram