O Geek na casa de gente grande

Desde fevereiro deste ano eu venho aos poucos montando o meu canto, juntamente com o bom gosto do meu boy magia, e devo confessar que... se você pesquisar bastante, é possível gastar pouco e fazer algo bem legal. Pra você ter uma ideia, nessa foto acima (a minha sala), acho que o item mais caro foi o sofá mesmo, que foi comprado pela metade do preço em uma liquidação. Outros móveis custaram menos de 250 reais (tirando a mesa amarela, que foi o dobro disso, mas uma mesa legal por menos disso é impossível achar, né?), que são peças que não vão sair dali tão cedo. O que deu a cara ao estilo que queríamos (algo bem geek, meio confortável, meio a nossa cara), foram não só as peças de decoração escolhidas (apesar de faltarem ainda os quadros naquela parede cinza clara que vocês estão vendo), mas também o jogo de cores que usamos.
Primeiramente a nossa cor predominante era o cinza e o amarelo. Então brincamos com os vários tons de cinza (por isso a brincadeira dos amigos em batizar nossa casa de Cinquenta Tons de Cinza, rs), e tiramos a sobriedade do ambiente com peças divertidas. 
Tô aqui pra mostrar pra vocês nossas principais inspirações na nossa decoração encontradas no Pinterest da vida, e que já conseguimos colocar em prática:

Uma tom escuro para o ambiente claro

A ideia desde o início era ter uma parede escura para receber o rack amarelo. Mas atenção: essa ideia só dá certo se o chão da casa for claro. Paredes e chãos muito escuros diminuem o ambiente, e tratando-se de um apartamento de 55m²... não dá, né?


Uma estante com os os personagens da sua vida


Aqui a gente precisava ir com calma, porque né? Somos adultos e em algum momento ali da estante precisava parecer que apesar dos brinquedos, nós somos maiores de idade, certo? Aí usamos livros bonitos no meio dos brinquedos. E assim fez-se a estante...


Um capacho maneiro feat algo de super-herói

Queria um tapete de entrada que nossos amigos perdidos saberiam que era ali a nossa casa olhando pra porta. Hoje o meu capacho é o mais legal do corredor, e porque não DO CONDOMÍNIO TODO. E uma decoração geek obviamente precisa ter algo de super-herói, né? Tá ai um dois em um.



Ponderando a nerdisse com sobriedade


Como eu disse lá no começo: a casa é de gente adulta, então não pode parecer um quarto de criança de 10 anos, certo? Certo! Como fazemos isso? Ponderamos com sobriedade. Olha lá minha mesa vintage com rosa em cima... minha mãe se orgulha disso! 

Eu acho que é isso. A ideia é voltar aqui com um post completo, ou porque não um vlog, mostrando os detalhes da nossa decoração, mas isso só vai acontecer quando eu realmente terminar de enquadrar todos os pôsters, trocar as luminárias e pendurar nas paredes tudo o que temos porque assim não tem graça ainda né?
E você? Curte uma decoração com um Q geek como a gente?

Um comentário:

Instagram