Zumba!

08:00:00

Eu, a Vivi e as cias lindas do fundão: Ana Angélica e Ana Júlia

Há três semanas, dei início a mais uma etapa do meu projeto verão barriga da Shakira: entrei para uma turma de Zumba. Até postei lá no Instagram do PhD (siga-nos! @phdemseilaoque) um vídeo da professora, minha amiga linda maravilhosa Vivi Camacho (beijo, Vi!) mandando ver em uma de suas aulas, e foi justamente neste dia que fui ver como tudo funciona. 
Confesso que na primeira aula achei que ia morrer, que meu coração ia explodir e que eu ia desmaiar e pagar o maior mico da Terra, mesmo fazendo esteira e abdominais diariamente em casa, mas depois essa sensação passa. O dia seguinte do primeiro dia é bem tenso, e ainda inventei de ir pra esteira, mas só aguentei 20 minutos porque tive a impressão que minha panturrilha ia rasgar no meio, mas isso também passa depois, viu pessoal? Tudo é uma questão de costume, de sair da rotina, e se a Vivi consegue dar 300 aulas por dia e acordar renovada no dia seguinte, eu também vou conseguir fazer duas aulas por semana sem morrer na sexta-feira, né?

A bichinha se especializando para manter nossos corpitchos em dia

Na segunda semana o meu corpo já pegou o ritmo e eu já não ficava tão quebrada no dia seguinte. O cansaço obviamente permaneceu, porque são 60 minutos sem parar, né? Mas é muito curioso como o nosso corpo responde à este tipo de atividade: acordo muito mais disposta no dia seguinte, com mais energia e até mais criativa.


Agora na terceira semana, já me sinto uma bailarina baiana de grupo de axé. Tô pegando os passinhos direitinho (são bem simples e todos baseados em ritmos latinos) e a vergonha já passou - se errar, disfarça dando uma sambadinha que tá tudo certo. Mas o melhor de tudo ainda é que não é necessário saber dançar, até mesmo porque todo mês tem músicas e passinhos novos. Segundo a Vivi, "a Zumba trabalha o corpo inteiro, principalmente os membros inferiores e em uma hora de dança é possível queimar até 1000 calorias (dependendo do ritmo de cada um durante a aula). O objetivo não é aprender a dançar, e sim se soltar e se divertir, queimando as tais calorias sem perceber".
A Vivi ainda indicou uma entrevista muito bacana com o criador da Zumba, Beto Perez, para o portal da revista Boa Forma, caso você queira conhecer um pouco mais sobre a modalidade. É só clicar aqui.
E aí? Se empolgou? Diversas academias e studios já aderiram a Zumba! O Studio da Vivi fica em Arujá, na Avenida Armando Colângelo, 400 (Centro), mas caso não haja lugar por perto ou horário disponível que bata com a sua rotina, você também pode comprar as aulas disponíveis em DVD no Polishop ou o jogo para XBox (requer Kinect) e Nintendo Wii. O que não vale é ficar parada!

You Might Also Like

0 Comente aqui!

Parceria

Parceria

Facebook

follow me

follow me

Subscribe