Soraia: Cabelos ao vento

A chegada aos trinta anos não é perceptível apenas na pele ou no metabolismo. Os cabelos também apresentam sinais de que o tempo está passando. Quem nunca entrou em pânico ao encontrar o primeiro cabelo branco? Sim, porque nós, mulheres, muitas vezes escolhemos aderir a cores de cabelo que não são “originais de fábrica”. 
Ainda assim, trata-se de inicialmente uma escolha e não uma obrigação. Isso porque, uma vez que o primeiro fio branco aparece, novamente a ditadura da beleza se impõe, e nos vemos obrigadas à eterna luta de “encobrir” a idade. Mas uma luz no fim do túnel vem aparecendo aos poucos. Muitas mulheres a partir dos 30 anos decidiram desprender-se das tinturas e renderam-se aos tons grisalhos e/ou totalmente brancos. Elas resolveram investir em cortes modernos e valorizar o que a natureza estava proporcionando. 
Seguindo a máxima “Se não puder vencê-los, junte-se a eles”, essas mulheres quebraram paradigmas e mostraram que sim, é possível ser/permanecer bela, charmosa e grisalha! 
Meryl Streep no filme “O Diabo Veste Prada” mostrou que elegância vale para qualquer idade e tom de cabelo, sendo seguida por outras atrizes e pessoas comuns, como eu e você. Trata-se, portanto, de uma escolha: fazer ou não o que lhe deixa bem.


Agora, se você não é adepta dos fios brancos e quer escondê-los de qualquer maneira, aqui vão algumas dicas: 
Em primeiro lugar, lembre-se que qualquer tipo de tinta danifica seu cabelo. Assim, esteja preparada para gastar um pouco mais com cuidados com ele, como, por exemplo, hidratação e reconstituição dos fios. 
Em segundo lugar, veja qual é a sua necessidade, ou seja, você possui alguns ou muitos fios brancos? Isso indicará o tipo de tinta ideal para você. Se você não possui muitos fios brancos, sugiro que comece a pensar em luzes ou mechas para disfarçar esses penetras indesejáveis. Essas ações costumam ser menos prejudiciais que as tinturas propriamente ditas e ajudam a esconder de maneira bem eficiente esses fios. 
Outra medida paliativa no caso de poucos fios é o shampoo tonalizante. Você pode aplica-lo em casa mesmo e, caso não goste muito do resultado, a boa notícia é que ele vai saindo conforme vai lavando o cabelo. 
Há também as tinturas propriamente ditas. Elas têm duração maior do que os shampoos e são indicadas para casos em que há uma grande quantidade de cabelos brancos. Caso nunca tenha pintado o cabelo, sugiro que procure, pelo menos na primeira vez, um cabeleireiro. Ele é o profissional indicado para verificar qual é a cor ideal para você, principalmente se quiser ter um efeito mais natural. 
Eu ainda não tenho cabelos brancos. Acho que puxei para o meu pai, que aos 59 anos ainda não tem um fio sequer. No entanto, pretendo continuar nas luzes até o primeiro (infelizmente de muitos) apareça. 
E você? Como faz para contornar o aparecimento dos fios brancos?
-
Gostou? Então não deixe de compartilhar o link deste post em sua mídia social preferida, ou até mesmo deixar a sua opinião nos comentários. Assim podemos contar com você para fazer o blog crescer ou apenas pra compartilhar opiniões. Um beijo


Um comentário:

  1. Dona Jussara, mais conhecida como a minha mãe, aderiu a moda dos fios brancos há 15 anos! Acho lindo demais, estilo Diane Keaton!
    O Max, um dos integrantes do programa Catfish, também é super grisalho e acho super charmoso! E ele é super novinho!

    ResponderExcluir

Instagram