CBGB

Se você tem uma camiseta do Ramones no seu armário, no mínimo deve (deve de obrigação mesmo) saber a história do CBGB. Não sabe? Então tome vergonha na cara, leia este post e assista o filme em seguida.
Alan Rickman (o Snape de Harry Potter) interpreta Hilly Kristal, o fundador do bar mais badalado nos anos 70/80 em Nova Iorque, e que lançou carreira de diversos artistas renomados (além dos Ramones), como Blondie, The Police, Patti Smith, etc e tal. Só que o cara era meio negligente com as contas do estabelecimento, e mesmo com a ajuda da filha (interpretada por Ashley Greene), o bar sobrevivia a trancos e barrancos. Ao mesmo tempo, a revista Punk foi crescendo junto com o CBGB, e é através dos desenhos de seu criador, John Holmstrom, que a história toda é contada.



O mais legal do filme é que além de ser fiel a real história de todos os envolvidos, todos os atores foram escolhidos a dedo e ficaram muito parecidos com seus respectivos personagens. Você vai encontrar Rupert Grint (Ron Weasley, também do Harry Potter) como Cheetah Chrome, da banda Dead Boys, mostrando o bumbum, Malin Akerman igualzinha da Silva a Debbie Harry, do Blondie, Joel David Moore como fotocópia autenticada de Joey Ramone, Johnny Galecki (o Leonard, do The Big Bang Theory) como Terry Ork, empresário do Television, a filha do Sting como Patti Smith, entre outros, além do Taylor Hawkins, baterista do Foo Fighters, que me chocou como Iggy Pop.




O responsável por tudo isso foi Randall Miller, que também dirigiu séries como Popularidade e Jack & Jill. Apesar de 40% do elenco ser britânica, a produção é 100% americana.
Se você quiser saber mais sobre o CBGB, é só clicar aqui. Se quer saber mais sobre o CBGB atual (a loja que se tornou e o festival), clique aqui, e se quiser assistir o trailer do filme, é só dar play aqui embaixo:



Gostou? Então não deixe de compartilhar o link deste post em sua mídia social preferida, ou até mesmo deixar a sua opinião nos comentários. Assim podemos contar com você para fazer o blog crescer ou apenas pra compartilhar opiniões. Um beijo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram