# Fofoca PhD: Falta de RG no Relacionamento

08:00:00



Notícia: "Deslumbrada, Bruna Marquezine vira piada na Globo" 
Fonte: Yahoo TV - 15/Abril

Fofoca: Mulheres que se anulam na relação, ou abraçam a identidade do parceiro.


Fofoqueira Sheila: 

"Acredito que em nenhum tipo de relacionamento a pessoa deve anular a sua identidade, vontades e opiniões pelo parceiro. Sou daquelas cancerianas românticas que acredita que um casal soma, e não subtrai. Que homem ou mulher gosta de ter ao lado alguém que concorda exatamente com tudo que você fala? Melhor ter um cachorro então, não é mesmo? Há até pessoas que só gostam daquilo que o parceiro gosta, só faz aquilo que vai agradar a outra pessoa, e esquece que pra ser feliz por completo, primeiramente, deve-se aceitar como que você é realmente, entender mais sobre sua individualidade, se conhecer o máximo possível e conquistar alguém pelo o que você é, não pelo cachorrinho que você pode se tornar."


Fofoqueira Gita:


"Penso que se todo relacionamento fosse questionado no ponto de vista individualista, a mulher precisamente, reconheceria sua culpa, no que estatisticamente é comprovado como mania de viver a vida alheia. Não é síndrome, não é neurose, é em primeiro lugar, incapacidade de admitir o seu papel no relacionamento. Se o cara tem um emprego melhor, se tem amigos mais legais, se ele é o mais bonitinho, se ele é o foda, muito importa em quê? para sua essência de mulher? A conclusão muitas vezes é de que certas mulheres levam ao pé da letra o ditado: Por trás e um grande homem existe uma grande mulher. Aprendi diferente, aprendi que é do lado de um homem que a gente tem real valorização. Nem me importa se o Neymar é o craque das bolas, claro que meu Ego estaria abalado, mas viajar na estratosfera já é demais, é dar muito valor a quem um dia pode me esquecer por outro Ego mais gostoso(a). Cá pra nós, rasgar o RG por um homem que não cobra sua individualidade como a parte feminina e inabalável da relação, é de perder o encanto (e a identidade)."



Fofoqueira Sara

" Eu acho que no caso da Marquezine, o problema é a falta de maturidade, de ambos os lados, mas principalmente do dela. Me lembro que antes mesmo de assumirem o relacionamento a mãe dela deu uma declaração dizendo que esperava que esse namoro não fosse verdade, pois ela temia que sua filha acabasse igual a Sthefany Brito, ex mulher do Pato, que deixou toda sua carreira de atriz pra viver em função dele e deu no que deu. Vou falar para casos que conheço sobre anulação de RG em relacionamentos, na maioria, os casos acontecem com pessoas mais novas e que não tiveram um relacionamento maduro antes, as aventureiras de primeira viajem, sabe? A pessoa não sabe o que é um namoro, o que é uma vida a dois, e fica naquele desespero de estar grudado o tempo todo e de fazer tudo para agradar o parceiro. Sem nem imaginar que é sendo você mesma e tendo vida própria que se ganha a admiração de alguém. E na maioria desses casos de anulação de RG o relacionamento não foi pra frente pelo fato do anulador sufocar tanto o parceiro que ele resolveu pular fora desse barco. Vale pontuar que homens também anulam o RG. "


Fofoqueiro Iatan


" Olha, crescer já não é fácil, imagina então crescer diante das câmeras, tendo praticamente como obrigação ser alguém singular. Vamos ser sinceros, eu pelo menos só lembro dessa menina chorando em qualquer novela ou programa da Xuxa que ela fizesse quando mais nova. Mas ela construiu a carreira dela, e tem (tinha?) seu próprio nome. Nem sei a idade dela, mas deve estar um pouco antes dos vinte, e namorar o jogador mais desejado pelas mulheres nonsenses brasileiras pode sim fazer com que qualquer adolescente esqueça que tem vida pra virar sombra de um homem qualquer. Principalmente quando o casal teen é uma versão Justin e Selena abrasileirada. Mas gente, um relacionamento é formado por duas pessoas, não por uma e sua sombra. Neymar não é Bruna Marquezine e Bruna não é Neymar até que se prove o contrário, ok? Isso serve pra todas as relações, por favor, avisem ela disso. "



Moral da Fofoca: 

Considerar o quanto a sua idade está de acordo com a sua maturidade, para constatar que sua relação com o outro é de soma. Sabendo disso, não há como perder a admiração, e o RG no relacionamento.

Tomar cuidado para não ser a sombra, ou o cachorro de estimação de um possível anulador da relação, simplesmente porque um relacionamento é formado por duas pessoas, e não por um só sobrenome (isso no papel, chama-se casamento), e na prática, é pior do que muitos casamentos...

E para todos os gostos tem um ditado assim: "Vivemos aprendendo, ou aprendemos vivendo". Ou seja, nossas oportunidades nada mais, nada menos, são escolhas com o mesmo risco, além de ser parte de uma fase, do nosso ciclo de vida...


Essa é mais uma novidade do PhD, fofoca sobre o que foi babado ou o que sempre é babado na vida alheia, a intenção é não deixar ficar mal passada a moral de muita atitude por aí, então a gente vem aqui e passa o ferro! Agora que já sabe da novidade, curtam a fan page para participar das outras novidades que vocês saberão logo logo, e comentem! Dê sua opinião sobre a nossa fofoca do dia, porque de mixirico sem utilidade pública, a calçada da casa da gente já tá cheia né? O jeito é fazer a fofoca do bem! rs


You Might Also Like

0 Comente aqui!

Parceria

Parceria

Facebook

follow me

follow me

Subscribe