Iatan GM em: Apego

 Então me disseram o que era saudade e eu não acreditei. Pelo menos não até sentir pela primeira vez há alguns anos e ela se tornar presente na minha vida. Essas sensações não fazem o meu tipo, embora elas pareçam ter um apego imensurável por mim.
Essa capacidade de se apegar é incrível, por não necessitar de tempo e sim apenas de poucos fatores que ainda são bem desconhecidos por mim. Tanto faz se o apego é por objetos, animais ou pessoas. Ocorre de uma maneira tão rápida e incontrolável.
E talvez o maior problema seja que eu se me importo com algo só pode ser por completo. Nunca, em hipótese alguma consigo me importar pela metade, ou me importar e fingir que não me importo. Essa característica não me pertence, embora eu tente encaixá-la em mim sem sucesso algum.
De alguma forma isso me deixa sempre a espera. Por que estou sempre esperando? Estou sempre esperando atenção, sempre esperando respostas, esperando convites... As pessoas bem que poderiam pensar mais um pouco nas outras, não é? Um pedido que é estranho vindo de mim, já que sou a pessoa mais egoísta que eu conheço.
Amizade não se trata de estar grudado em outra pessoa direto. Tenho amigos pelas redes sociais que nunca vi na vida, mas me conhecem e me entendem melhor do que os que "convivem" comigo. Amizade deve ser passar dias, semanas, meses ou anos sem contato, mas sabendo que apesar da saudade essa relação permanece viva dentro de ambos.
Mas pra mim o contato deve ser constante. A distância e o silêncio são as coisas mais destruidoras que conheço.
Tudo se torna difícil quando há humanos envolvidos. Esse dom da humanidade de complicar tudo. As pessoas com as quais a gente mais se importa nem sempre são as mais próximas. As pessoas com as quais a gente mais se importa nem sempre estão dispostas a se tornarem as mais próximas.
Com essa distância só nos resta um pedido. O pedido para estar na mala das boas memórias. E que a saudade esteja impregnada sempre, como prova de que tudo que foi vivido valeu a pena, de alguma maneira.
A saudade é boa, quando a lembrança é boa.
E um conselho pra quem está começando qualquer relação de amizade: não deixa a vida te levar porque nem sempre ela te leva pra onde você quer ir.
-
Gostou do texto do Iatan? Tem algo pra contar pra gente e quer publicar aqui? Mande seu texto no phdemseilaoque@gmail.com e não se esqueça de escolher uma imagem bem bacana, uma foto sua e algumas informações básicas, ok?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram