PhD plagiado!

22:29:00

Nesta tarde de sábado, depois de uma conversa virtual com minha parceira do Agite Antes de Usar, Camila Oliveira, foi constatado que um de seus textos publicados foi indevidamente copiado por um blog calouro. A cópia foi tão descarada que até as mesmas fotos foram publicadas, com a mesma fonte de texto usada no Agite. Foi aí que minha curiosidade em iniciar um pente fino virtual veio à tona, e comecei a busca internet a fora. Comecei por meus textos do PhD e ainda faltam muitos para procurar, entre os das outras meninas por aqui, e os textos do Agite também. E não é que encontrei um monte de sabichões que nos copiaram?
Confesso que parei de procurar depois de mais ou menos uma hora de busca, porque eu perderia todo o meu sábado procurando pessoas sem ética ou moral alguma. Nós do PhD nunca recusamos um pedido de 'deixa eu publicar seu texto no meu blog?', DESDE QUE, os devidos créditos e link fossem publicados. Custa fazer isso?
Para as pessoas donas de sites/blogs abaixo, custaram:

Capitanbado (site do, acreditem, Paraguai) - plagiou o texto Meias calças, inseparáveis
Ondica - (colocou um ilegível 'via' com o link do post, mas está assinado como se fosse a dona do blog que tivesse escrito) plagiou o texto Não é só mais uma lembrancinha encostada.

Tirando o site paraguaio, é quase impossível entrar em contato! Não há um email sequer, e o primeiro citado nem comentário aberto tem. Ou seja, pra quem comete tal prática, qualquer tipo de contato limitado é pouco.
Espero de coração que quem copiou estes e quaisquer outros textos, tenham a decência de tirá-los do ar ou dar os devidos créditos. A gente tem o maior trabalho de pesquisar, editar e publicar um texto feito com tanto carinho para nossos leitores, para alguém vir e só ter o trabalho de dar um control C + control V em tudo e tomar como seu. 
É por isso que eu sempre digo: montar um blog é super fácil, difícil é ter qualidade.

Pra quem ficou curioso, o texto plagiado da Camila Oliveira lá no Agite está no blog Cookie and Cupcake foi o post A revolução do mundo dos esmaltes.

E por favor leitoras(es), a gente faz questão de liberar nossos textos para serem publicados onde quiserem, é só pedirem e darem os devidos créditos, que a gente até ajuda a divulgar!

You Might Also Like

5 Comente aqui!

Parceria

Parceria

Facebook

follow me

follow me

Subscribe