Pier

Tuka começa a nova coluna do PhD com sorriso no rosto - já deixei explícito aqui que sou fã de esmaltes. E pra começar, escolhi um esmalte que não é novidade, nem tão pouco é desconhecido por vocês, mas faz MUITO a minha cabeça, principalmente nesses dias de frio.
O Pier, da Impala é um azul, meio cinza, meio perolado. Uma coisa louca, linda e indefinida. Mas não conheço uma pessoa que não goste desse esmalte.
Faz um certo tempo que eu tenho este vidrinho, mas até hoje eu o vejo em todos os lugares: perfumarias, farmácias, até em lojas de departamento!
E como não sou adepta a produtos que enchem o esmalte de fantasia, tipo glitter, holográficos, craquelados e derivados, acho que o Pier por si só já faz todo o trabalho de deixar as unhas perfeitas. E por favor, não inventem moda em cima dele!


Pra chegar nesse resultado, passei duas camadas do produto e nem precisei de extra-brilho. Como meu esmalte não é novo, precisei apelar para o óleo secante, pra não ter nenhum 'transtorno'. A vantagem é que ele dura bastante - o esmalte começou a descascar somente no quinto dia - e combina com tudo. Como deu pra perceber, meu vidrinho já passou da metade de tanto que usei, e aprovei.


2 comentários:

  1. Esse esmalte é lindo! Eele parece o arábia da Risqué que saiu de linha! é um ótimo substituto!

    ResponderExcluir
  2. Fiquei com vontade de passar um craquelado ou flocado em cima!!! huahuahua

    Eu gosto dessas novidades mais malucas, mas tb gosto do esmalte normal, principalmente qdo a cor é realmente bonita!!!

    Bjins

    ResponderExcluir

Instagram