Poulain pt. Final : O pedido

Dia do desfile, as malas estavam prontas a porta. Eu esperava o melhor, mas preparada pro pior.O dia estava acinzentado, eu estava como de costume de vestido, e um sobretudo cereja por cima. Em 5 horas o desfile iria começar, precisava chegar 3 horas antes. No café do Hotel avistei uma garota de estatura mediana, bem vestida, cabelos curtos e lisos, nos cumprimentamos apenas com um olhar. Logo percebi que ela segurava um informativo do meu desfile e em pouco tempo ela percebeu que eu era a dona, conversamos durante uma hora e meia de viagem, tinhámos muitas coisas em comum, inclusive a falta de sorte no amor. Iríamos ficar hospedada por lá durante três dias, separadas apenas por 4 portas. A janela estava aberta, o vento gelado tocou nosso rostos pálidos, e logo pude ver os cabelos de Luque brilhando de longe: -Tuka, me acompanhe, quero que você conheça Luque, o meu parceiro de trabalho...e de alguns amores! Tuka, Luque e eu, conversávamos enquanto caminhávamos com pressa até o hotel. Precisava deixar minhas bagagens e pegar um taxi até o local do desfile. Tuka foi antes. Luque e eu fomos ao 'Jardin Hall' local do tão esperado evento dos anos 50, 60 e 70. Estava quase tudo pronto, acertei o set list do desfile, organizei peças, e recebi os convidados que se acomodariam nas três primeiras fileiras. Estava uma bagunça de fotógrafos e jornalistas, entre eles a minha mais nova confidente. Nos sentamos na primeira fileira do lado oposto aos convidados, onde ficavam o pessoal da organização. Faltavam 15 minutos pro desfile, fui ao toalete retocar o batom, porém ao sair, dei de cara com o rapaz dos lábios delineados. Ele sorriu pra mim, e veio como quem pedia um beijo cinematográfico. Com delicadeza me esquivei, e disse que estava acompanhada. O desfile obteve críticas positivas, com direito a elogios ao set list, com Iggy Pop, Billy Idol, David Bowie, Boy George e Madonna. No final do desfile, fomos a um barzinho próximo ao local do envento, Tuka ainda estava conosco, e ali ficamos até as 4 da manhã, quando finalmente decidimos voltar ao hotel. Luque ficou em meu quarto, e na manhã seguinte, me deparei com a carta escrita por mim, e enviada a ele, naquele dia tão chuvoso. Demorei pra perceber que ele estava sentado ao meu lado, e antes que eu pudesse dizer alguma coisa... -Casa comigo ? E aquela era só mais uma página virada, e um começo de uma nova história.

Um comentário:

Instagram