DIY: A porta decorada com fita isolante


Quem me acompanha lá no Instagram do PhD deve ter visto que rolou um DIY aqui no #aptocinquentatonsdecinza com a porta de entrada. A gente tinha a pretensão de pintá-la de cinza chumbo no começo, e eu até comprei a tinta, mas os planos mudaram no meio do caminho: a tinta vai ser usada para outra finalidade e encontrei uma inspiração bem bacana no Pinterest que me convenceu a colocar a mão na massa:


Como eu queria usar um material que não danificasse a pintura original da porta, aderi a famosa fita isolante. Apesar de ser bem aderente, a cola solta com bastante facilidade, precisando só dar uma limpadinha depois de retirá-la com pano úmido ou bucha macia, e honestamente, recomendo à todos que queiram dar um up na casa/apartamento alugado, mas não querem ter dor de cabeça e nem gastos na hora de entregar o imóvel.
Colocando na ponta da lápis, se eu pintasse a porta, eu teria gasto com a tinta que eu queria, e depois outro gasto com mais tinta, para devolver o imóvel com a porta branca. Com esta decoração eu gastei apenas R$12, que foi o valor do rolo maior da fita isolante, e não terei gasto algum na entrega do apartamento: simples, barato e com um resultado final incrível.


E se você gostou e quer fazer igual na sua casa, já te aviso de antemão: não faça nada por olhômetro. Tire um dia em que você esteja com inspiração e paciência para seguir o passo a passo direitinho, ok?

Separe os seguintes materiais:

  • Fita isolante sem marca d'agua (preste atenção neste detalhe ao comprar a fita, pois eu não percebi e comprei uma da 3M que tinha o logo da marca por toda a sua extensão);
  • Régua;
  • Tesoura;
  • Um lápis.

Se você quer um desenho igual ao meu, salve esta foto, assim você poderá olhar para ela enquanto reproduz a sua arte:


Eu comecei o desenho pelo alto, no canto esquerdo. Medi 3 dedos da quina da porta e marquei onde eu começaria a colar a primeira fita. Vou colocar a informação seguinte bem destacada, pois ela é muito importante:

NÃO COLE A FITA LOGO QUE SOLTÁ-LA DO ROLO!

A fita isolante costuma esticar quando a puxamos, e para que o seu desenho não fique torto e nem desalinhado, espere a fita voltar ao seu normal antes de colá-la na superfície. Isso demora apenas alguns segundos. 
Depois de colar a primeira fita, você terá que marcar com o lápis a distância entre a próxima tira, que é de 2cm (a mesma largura da fita que estamos usando). Meça as duas pontas e o meio, assim você conseguirá manter um padrão bem alinhadinho.
Neste momento você não precisa se preocupar com as rebarbas. Vá cortando a fita com a tesoura e só se preocupe com o tamanho entre uma tira e outra. 


Depois que você colar todas as tiras, acompanhando fielmente o desenho, pegue o estilete e, com a ajuda da régua, vá tirando as sobras na borda da porta, principalmente na parte debaixo, para não ficar descolando e nem pegando no chão. Faça com muito carinho e atenção para que você não estrague o que acabou de fazer, ok?

Algumas dicas importantes:

  • Mais uma vez, espere a fita isolante voltar ao seu normal antes de colá-la na porta;
  • No momento em que o desenho se cruza, uma fita vai se sobrepor à outra mesmo;
  • Limpe a porta com um pano seco antes de começar o seu trabalho para a fita aderir melhor;
  • Não faça com pressa. Meça tudo direitinho e cole as tiras devagar;
  • Não esqueça de me contar como foi a sua experiência e marque o @phdemseilaoque no Instagram pra eu ver como a sua porta ficou.

Gostaram da dica? A execução é tão simples quanto este post mesmo, sem segredos... Logo mais eu voltarei por aqui com outras ideias para decorar a porta com fita isolante, já que as outras unidades daqui de casa também vão entrar na dança (com outros desenhos).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram