Reformando a penteadeira da vovó



Durante muitos e muitos anos, um certo jogo de quarto perpetuou na família, aí quando chegou na minha vez, quis dar aquela repaginada pra ficar a cara do #aptocinquentatonsdecinza (sim, esse foi o apelido dado ao meu cafofo devido aos inúmeros tons de cinza que você encontrará no apartamento).

O foco principal do jogo era a penteadeira. Aquela que toda menina sonha em ter e eu não fui uma exceção. Mas junto com ela também veio a cama, então coloquei na mesma leva da reforma. O primeiro passo foi escolher a cor, e a ideia inicial era o Tifanny, mais conhecido como turquesa, porém no ato da compra não obtive muito sucesso, e acabou sendo um verde água bem clarinho mesmo.


O jogo já estava tão judiado pelo tempo que foi necessário lixar tudo bonitinho e tampar certas imperfeições. Nessa etapa do processo eu contei muito com a ajuda dos meus pais (minha mãe nos pincéis comigo e meu pai com o compressor).


Depois o próximo passo foi escolher os novos puxadores e o tecido que encaparia o estofado da banqueta. Encontrei o que mais se encaixava com a ideia na Zara Home, e a duplinha custou R$25.

O tecido escolhido foi um veludo cor grafite, e o metro custou R$14. Havia uma pedra de mármore como tampo da penteadeira que não me agradava nem um pouco, e para envelopá-lo, escolhi um papel de parede adesivo da HC Store que era do jeitinho que eu imaginava. Minha sogra, a decoradora/artesã Cristina Gios, entrou em ação a partir daqui, encapando a banqueta e fazendo todo o processo de envelopamento. 




A cama já deu um pouco mais de trabalho devido ao tamanho, né? Meu pai precisou erguer a carcaça  dela e quase que o tempo atrapalhou o processo. Mas no final deu tudo certo.
A cor original era branca e a pintura foi feita com a mesma cor da penteadeira.



O resultado (quase) final, com o veado e o quadro já pregados (a ideia ainda é preencher a parede do veado com mais alguns quadros.
Ainda pretendo fazer uma tour pelo apartamento assim que tudo estiver prontinho. Ainda falta organizar um pouco mais o closet, que também serve como meu home office, e emoldurar os milhares de pôsteres que compramos para espalhar por todo o apartamento.
Aprovado?

2 comentários:

  1. Nega, apaixonei na cabeceira da sua cama na primeira vez que vi, depois da repaginada ficou mais amor ainda!! A penteadeira ficou linda também e ficou muito a sua carinha <3

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, nega! Em época de crise a gente tem que trabalhar com o que tem, né? rs

    ResponderExcluir

Instagram