Maryah C: 1 ano em 1 post - Intercâmbio Portland

08:00:00


"Você é brasileira, que legal! De onde?
São Paulo é aquela cidade que tem o Cristo gigante com os braços abertos?
E o Rio de Janeiro é a capital do Brasil?
Ah deixa pra lá, mas eu sei falar espanhol!"
Ah, é verdade! Vocês falam brasileiro, não espanhol! :P

Este é apenas um dos diálogos que tive em um ano estando fora nos EUA.
Sair de casa por um tempo com destino a um país desconhecido amplia não apenas seu conhecimento no idioma, o seu círculo de amizades internacionais e o número de lugares que você só teria a oportunidade de conhecer a cada ano, e agora estão ali "do lado" pra visitar aos finais de semana. 
O mais bacana em estar em contato e conhecer novas culturas é perceber que a sua visão de mundo está longe de ser a mais certa ou a única. E é claro que cultura pode ser um fator a ser questionado, mas o preconceito desaparece quando você aprende um pouco mais sobre e passa a respeitar as razões do outro.



As comparações são inevitáveis e o sofrimento, como diz o poeta, é totalmente opcional.
Você também descobre que em qualquer lugar, país, condado existem problemas e barreiras. Sociais, humanas, econômicas. E passa a valorizar mais o seu povo e suas qualidades.




Estar em um país estrangeiro, e será assim que você sempre será visto no outro lado do mundo: um estrangeiro, pode ser tão amedrontador quanto libertador. Ou até um pouco dos dois. Ficar longe da família e amigos, fazer novos amigos, encontrar um da mesma nacionalidade e no mesmo "barco" que você pra poder desabafar depois de um dia daqueles que você sente vontade de pegar o primeiro vôo de volta pra casa.Viajar, voltar pra casa - ou não. Todas as possibilidades.



Demanda desprendimento e boa vontade. Ou um pé na bunda; do emprego ou do namorado; no emprego ou no namorado. E ainda muito mais confiança quando você deixa o amado do outro lado do oceano, na partida ou na volta. 
O fato é que hoje em dia é muito mais fácil viajar e ter uma experiência internacional. Lembrando que uma viagem de imersão nunca será um gasto, mas sempre um investimento! E você volta com uma bagagem cheia de momentos inesquecíveis e lembranças.
Um vídeo publicado por @carolaflauzino em

De opções para estágio, bolsa de estudos e até trabalho voluntário, as agências facilitam os custos e é bacana quando se tem assistência no processo. Pra quem não quer apenas por a mochila nas costas e ver no que dá, ou ainda tem interesse em trabalhos voluntários, work-travel e pacotes de viagem, existem várias agências e opções. As mais conhecidas são CI , Experimento , STB e ainda tem o Programa Ciência Sem Fronteiras.
Mais fotos dessa jornada no meu instagram: @carolaflauzino

You Might Also Like

0 Comente aqui!

Parceria

Parceria

Facebook

follow me

follow me

Subscribe