Midias e intolerâncias sociais

08:00:00

"O Facebook é meu e posto o que eu quiser". Quantas vezes a gente já leu/ouviu isso de alguém? Pois bem, a vida é nossa e a gente faz dela o que bem entender, mas isso não nos dá abertura pra sair pelado na rua gritando na orelha de ninguém, não é mesmo? Por mais liberdade de ir e vir que temos, não podemos confundir isso com libertinagem, e tanto o bom senso, como o respeito e educação devem existir em todos os lugares para que seja um pouco mais agradável viver em sociedade, e obviamente que não seria diferente na internet.
Cada dia que passa, fica mais evidente que a internet é uma facilitadora de opiniões. Muita gente aproveita a segurança de estar atrás de um tela para dizer 'verdades' que talvez não seriam ditas ao vivo e a cores. E é na internet que podemos adquirir qualquer tipo de informação, verdadeiras ou falsas, e acredite, há muitas pessoas que plantam informações falsas a troco de nada, só pra fazer pegadinha mesmo, e os que fazem isso para sacanear alguém também. Ou seja, hoje em dia podemos encontrar todos os tipos de pessoas tanto na rua como no mundo virtual, e por essas e outras que o bom senso sempre será bem vindo em qualquer canto. 
Você com certeza já deve ter se incomodado com coisas que algum amigo postou. Quase todo mundo nessa vida já cancelou o feed de alguém. Uns por implicância mesmo, outros porque passaram o dia todo compartilhando ou publicando coisas que realmente incomodam não só você, mas um monte de gente. E pensando nisso que saí perguntando para os meus amigos, em minhas redes sociais e pessoalmente, o que mais as desagradavam quando gastavam alguns minutinhos visitando suas contas do Facebook, Twitter e Instagram. Coloquei por ordem de maior citação entre os 'entrevistados' pra gente ter uma ideia do que mais incomoda meeeeesmo e talvez possa ajudar aqueles que praticam tais atitudes sem perceber que não está sendo legal. Preparem-se que a listinha ficou meio grande:

  • Fotos de animais machucados ou mortos; maus tratos em animais no geral;
  • Fotos de crianças doentes e/ou deformadas;
  • Fotos e vídeos de acidentes;
  • Vídeos de qualquer tipo de maus tratos ou que demonstram omissão da parte do cinegrafista em relação ao ato ocorrido;
  • Fotos de pessoas tomando soro no hospital 
  • Pessoas que reclamam de dor/anunciam cada gripe que pegam;
  • Indiretas;
  • Posts que falam de recalque o tempo todo;
  • Pessoas que querem pintar uma realidade diferente da que vive de fato para mostrar aos outros uma vida perfeita irreal;
  • Pessoas que exibem muito sua vida particular;
  • Preconceito de qualquer tipo;
  • Erros gramaticais;
  • Pessoas que só reclamam e lamentam;
  • Reclamações sobre o tempo (chuva/calor/frio etc);
  • Excesso religioso e político;
  • Pessoas que tentam impor suas crenças religiosas ou políticas e compram briga por causa disso;
  • Pessoas que reclamam o tempo todo do comportamento de outrem [pode ser contraditório, mas faz sentido];
  • Frases e contos atribuídos à pessoas famosas, que na verdade nunca escreveram isso;
  • Declarações de amor em excesso;
  • Declaração de unfollow/bloqueio;
  • Mães que postam fotos de seus filhos o tempo todo, registrando qualquer ação da criança em tempo real praticamente/ pais que só falam dos filhos e esquecem da própria vida;
  • Posts escritos com muitas hashtags (#);
  • Divã no Facebook;
  • 'Correntes femininas' com o intuito de deixar os homens curiosos;
  • Convites para eventos e jogos em excesso / convites para eventos fora da região onde o convidado mora;
  • Intolerância e 'síndrome dos ofendidos': quando a pessoa acha que tudo foi dito para ela;
  • Pessoas que 'floodam' o Instagram: que postam muitas fotos seguidas
  • Excesso de selfies com a mesma cara, mesmo cenário;
  • Prepotência e ostentação;
  • Vulgaridade;
  • Compartilhamento de hoax: notícias falsas e fotos manipuladas;
  • Fotos de crianças com piolhos, animais com muitos carrapatos/ registros de falta de higiene;
  • Pessoas que conversam com Deus no Facebook/ Twitter;
  • Fotos com biquinho (a famosa duck face);
  • Vídeos violentos;
  • Pessoas que clicam em links com vírus e acabam propagando no feed;
  • Pessoas que compartilham fotos de pessoas/animais desaparecidos ou de incetivo à adoção e que já foram encontrados/adotados há muito tempo;
  • Pessoas que compartilham notícias sem ler o conteúdo do link;
  • Campanhas eleitorais/ apelação religiosa em campanhas eleitorais;
  • Posts do tipo 'quem gosta curte, quem concorda compartilha' / 'quantas curtidas essa princesa merece';
  • Conteúdo apelativo para ganhar likes;
  • Pessoas que propagam informações sobre coisas sérias apenas por tédio, sem nenhum propósito concreto;
  • Súplicas por votos em campanhas de beleza do filho, de si própria;
  • Ofensas a quem tem opinião diferente;
  • Posts de amor e ódio aos dias da semana;
  • Compartilhamentos com hashtag 'fato';
  • Anúncio de que foi assaltado / que sofreu acidente para chamar a atenção;
  • Compartilhamento excessivo de mensagens de auto ajuda / orações / frases de impacto;
  • Grosserias gratuitas em comentários;
  • Pessoas que postam fotos no Instagram que não é de sua autoria / pessoas que postam mensagens de auto-ajuda/ memes no Instagram;
  • Selfies com legendas com indireta;
  • Selfie com mensagem de auto-ajuda / frases de efeito / que não tem ligação alguma com a imagem;
Ufa, quanta coisa, né? Apesar de gigantesca, creio que grande parte das reclamações tem mais a ver com o excesso e a prática do hoax. Tudo em excesso é um saco, não é mesmo? É só pensar que sua mídia social preferida é como estar em público, sei lá, na 25 de Março em dia de sábado perto do final de ano. Você faria tal coisa por lá pra todo mundo ver? Se a resposta é não, evite...

You Might Also Like

0 Comente aqui!

Parceria

Parceria

Facebook

follow me

follow me

Subscribe