Iatan: A trilha do horário nobre



Se alguém me perguntar qual é o enredo dessa nova novela das globo, "Império", provavelmente vou chutar por motivos de:
a) eu não tenho mais paciência pra acompanhar novela do começo ao fim,
b) já parei de acompanhar na segunda semana.
Mas do pouco que vi já posso afirmar uma coisinha: a trilha sonora está divina! Digna de um império!
Na abertura da novela temos “Lucy In The Sky With Diamonds”, música dos Beatles que ganhou nova versão na voz do cantor Dan Torres. Pronto, só por isso a novela não precisa nem ser uma nova “Avenida Brasil”, por ter essa abertura já considero pacas, uma maravilha, mesmo que consiga a proeza de ser pior do que “Em Família”.
A trilha nacional é composta por nomes de peso, e por muitos clássicos já conhecidos do grande público. Minha mãe, minhas tias, a mãe e as tias de vocês, com certeza deve ter uma quedinha por Roupa Nova. Eu tenho desde A Viagem. A música “Dona” foi escolhida para fazer parte da trilha. Boa escolha produção, ótima escolha!
Depois da lindeza que foi ter “O mundo é um moinho” na novela “Lado a Lado”, mesmo que interpretada por Beth Carvalho, e não pelo mito Cartola, o senhor respeitável aparece em Império com a maravilhosa “Preciso me encontrar”.
Embora as músicas da banda Charlie Brown Jr. nos remetam memórias das boas épocas da novelinha teen "Malhação", “Céu azul” foi uma escalação bem-vinda na nova trama global.
Os Paralamas do Sucesso são donos de muitas músicas lindas, mas vamos ser sinceros: “Aonde quer que eu vá” é o tipo que quase te faz querer acompanhar uma novela. Em minha humilde opinião, a coroa da trilha nacional vai pra essa música linda.

A trilha nacional ainda conta com nomes como Fagner, Maria Gadu, Sandy & Júnior, Fabio Jr. e muitos outros.
A trilha internacional é outro show à parte. Ponto positivo: tem Coldplay. Ponto negativo: desde o fim de “Fina estampa” eu não pegava nojo de uma música na voz do Chris Martin. Obrigado Globo pela tentativa de me fazer enjoar de “Magic” da mesma forma que vocês me fizeram enjoar de “Paradise”, alguns anos atrás. ‘Cês tão de parabéns, a novela já está no ar há duas semanas e eu já não aguento mais ouvir o povo cantando ela.

Uma surpresinha bacana foi ouvir “Everything I Own”, da banda Bread. A música de pegada romântica  do tempo dos meus avós tem uma versão brasileira na voz da cantora Diana, que se chama “Tudo que eu tenho”. E não, vocês não precisam se surpreender por eu saber disso, vocês devem se surpreender pelo fato que eu gosto das músicas da Diana (culpa da minha vizinha que colocava o rádio no maior volume, e praticamente me forçou a ouvir o CD dela todas as tardes, durante meses da minha vida).
Ainda na pegada romântica, temos John Legend com “All of me”, Shakira com “Empire”, e a música que fez a internet pirar quando tocou no finalzinho do primeiro episódio, “Quelqu'un m'a dit”, da Carla Bruni.

Lana Del Rey, que já é figurinha marcada nas novelinhas da emissora, dessa vez emplacou “Shades of cool”, segundo single do Ultraviolence, que eu já tietei aqui no PhD. Ed Sheeran mozão também já virou um queridinho da TV, e dessa vez “SING”, primeiro single do “X”, seu segundo álbum de estúdio, está na trilha da novela exibida no horário nobre da tv.
A trilha internacional ainda conta com Imagine Dragons, Enrique Iglesias, Beyoncé, Ariana Grande e mais artistas de peso.
Enfim, da novela não posso dar palpites, mas posso afirmar que essa trilha foi garimpada com excelência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram