Os lugares abandonados mais bonitos do mundo, #1

A Gloss do mês de Maio publicou uma notinha interessante sobre os 33 lugares abandonados mais bonitos do mundo, eleitos pelo portal Buzz Feed. Como adoro assuntos desse tipo, fui correndo xeretar o portal e fiquei alucinada com os escolhidos. Aí pensei em fazer diversos posts em nossa editoria 'Por Aí', mostrando a história de cada um deles. Começarei hoje com 2 deles:

Cristo do Abismo (Christ of the Abyss)



O Cristo do Abismo está situado na baía de San Fluttuoso, lá na Itália, em 17 metros de profundidade. Foi construída por Guido Galleti em 1954. Esculpida em bronze, possui 2 metros e meio e foi colocada próximo ao local onde morreu o primeiro italiano a usar equipamentos de mergulho, Dario Gonzatti. 


Em 2003, a estátua foi retirada para restauração, porque estava muito deteriorada por conta dos corais. Uma das mãos também tinha sido arrancada por uma âncora, e no ano seguinte, a estátua foi devolvida ao Mediterrâneo novinha em folha e com uma base mais elaborada. Por conta disso, achei que este escolhido pela Buzz Feed não é exatamente um lugar abandonado, já que se trata de uma construção proposital para se tornar um ponto turístico da cidade, e também por ser algo muito bem cuidado pelas autoridades da cidade. Se fosse assim, nosso Cristo Redentor também seria um lugar abandonado, só que fora do mar, não é?


Kolmanskop no deserto de Namib 


Kolmanskop é uma cidade construída em 1900 por famílias alemãs que tinham como objetivo encontrar diamantes no deserto da Namíbia, e abandonada 40 anos depois por causa do esgotamento dos minérios.
Segundo o site R7, a cidade foi ocupada rapidamente após a sua construção, e em pouco tempo a cidade estava completa: havia salão de festas, estação de energia, escola, teatro, área para o lazer e entretenimento e uma fábrica de gelo. Em 1920, a cidade abrigava 300 adultos alemães, 40 crianças e 800 trabalhadores nativos.


Hoje a cidade está invadida por areia do deserto e atrai turistas, curiosos, caçadores de fantasmas e pessoas que, segundo o Daily Mail, juram que por lá rola diversas atividades paranormais.
Para receber a visita de viajantes, o governo da Namíbia retirou a areia de algumas casas, tornando possível a passagem por alguns corredores. Também foi construído um museu retratando a história do local.

Abaixo você pode conferir um resuminho bem básico da cidade, do turismo e do museu.


Legal, né? Em breve trarei mais dois lugares interessantes pra gente babar na história


2 comentários:

  1. Adorei essa matéria, vou agurdar o restante para conhecer melhor nosso mundo,parabens pela escolha.

    ResponderExcluir
  2. Uau!!!! Maravilhosa a matéria! Nunca ouvi falar destes lugares, e dá pra imaginar o quanto a gente não conhece desse mundo! Louca pra ver os próximos lugares! Amei!

    ResponderExcluir

Instagram