Iatan GM: 5 motivos pra ler/ver "As Vantagens de Ser Invisível"



A menos que você tenha se trancado numa caverna no noroeste do fim do mundo, você já deve ter ouvido falar de “As Vantagens de Ser Invisível”. Li o livro e assisti ao filme - não necessariamente nessa ordem – e agora venho aqui deixar alguns motivos de porque ler e assistir essa história que todo mundo por aí anda falando.

1 É íntimo 
A historia narra um pedaço da vida de Charlie, que após perder seu melhor amiga tem o desafio de iniciar seu ano letivo em uma escola sozinho. Charlie não é, e nem nunca foi um garoto de muitos amigos. O livro é composto por uma série de cartas que Charlie escreve para um colega que disse que o ouviria e o entenderia, na intenção de desabafar mesmo. Ele passa a escrever com frequência, contando cada detalhe de seus dias, o que ele fez, como estava se sentindo. E a maneira com a qual escreve suas cartas são tão íntimas que a gente realmente se sente o melhor amigo de Charlie, e até se força um pouco a tentar compreender o que está acontecendo ao redor dele, pois essa perspectiva é a única que temos da historia, uma vez que não lemos as repostas do tal amigo de Charlie. 

2 Sucesso instantâneo 
A obra de Stephen Chbosky foi lançada em 1999, foi um sucesso na época, claro, mas podemos dizer que agora mesmo, mais de uma década depois, a historia de Charlie veio à tona para o mundo inteiro. “As Vantagens de Ser Invisível” se tornou o queridinho do publico por motivos óbvios, é um tipo draminha adolescente, sem muita caretice ou exageros. Ao mesmo tempo tem uma maturidade nada superficial, pois o publico que acompanha a historia realmente passa a se importar com Charlie e com o que ele sente em relação a tudo. o pingo de esperança, o ‘se sentir infinito’ de Charlie dá um pouco de esperança aos que se apressam na rotina apressada. 

3 A trilha sonora é fantástica 
A musica é bem presente tanto no livro quanto nos filmes. Heroes, a épica de Bowie embala, dá vida à grandiosa cena em que Charlie se sente infinito, a musica certa pro momento certo. A canção ‘Asleep’ dos The Smiths também é presença marcada no filme. A encenação de The Rocky Horror Show não pode ser esquecida. Enfim, após verem o filme aconselho que busquem a trilha sonora que é extremamente fascinante e emocional. 

4 Os personagens são marcantes 
Começando pelo protagonista Charlie, que em certa parte do livro você tem o desejo de colocar no colo e acalentar, os demais personagens da trama também se mostram fortes e presentes durante toda a história. Isso é claro se dá a forma com a qual o autor os encaixa na história, não de uma vez, mas gradativamente, evoluindo passo a passo até formar a personalidade de cada um. Os amigos Patrick e Sam, a irmã e o pai de Charlie, Mary Elizabeth e o professor de Charlie, Bill. Cada personagem tem um porquê, cada um tem sua marcante característica pessoal. 

5 Tem Logan Lerman, Emma Watson e Ezra Miller
Vamos combinar, os fãs de Harry Potter e Percy Jackson ficaram mais do que satisfeitos ao ver que o shipp mais inusitado de ambas as fanbases praticamente se tornou real. E fora que a atuação de Ezra no thriller ‘Pecisamos falar sobre o Kevin’ não é algo tão a parte assim. O trio entrou em perfeita sintonia e levou as telonas tudo aquilo que poderíamos esperar de Charlie, Sam e Patrick. 


Filme VS Livro 

Vou confessar que vi o filme antes de ler o livro, mas isso não é lá todo esse pecado. O fato é que ao ver o filme me apaixonei pela historia, mas fiquei perdido em relação a certas situações. Ficou um vazio que eu só consegui preencher depois de ler o livro. 
Não é nenhuma novidade de que geralmente os livros superam os filmes. As Vantagens não é uma das exceções dessa regra. O filme é bom sim, mas o livro é dez mil vezes melhor! Além de ser uma leitura razoavelmente fácil, todas as lacunas que o filme deixar em sua mente o livro vai preencher. 
Então, quem puder seguir a ordem padrão de livro-filme, não deixem de segui-la. Quando assisti ao filme depois de ler o livro tive outra visão, e o filme ficou bem melhor. Confiram o trailer abaixo.

Um comentário:

  1. Eu sou muito suspeita pra falar desse livro, porque quando assisti o filme, amei, me identifiquei, chorei loucamente e salvei-o pra vida.
    Eu super assino embaixo para cada item e parágrafo do texto. Uma história que leva a reflexão natural sobre muitas coisas da vida!

    ResponderExcluir

Instagram