Os queridinhos do mês passado

Chegando algumas semaninhas atrasada, escolhi a dedo os achados de abril que me cativaram instantaneamente. Tentaremos fazer deste assunto uma editoria fixa. Assim podemos trocar algumas figurinhas sobre coisas legais, né?

O livro preferido



Escolhi uma trilogia desta vez, e o que me inspirou foi o último filme de Daniel Craig, a releitura de 'O Homem Que Não Amava as Mulheres'. Eu já tinha os três livros baixados no computador há uns bons 2 anos, mas quem disse que dá coragem ler com os olhos fixados na tela? Bom mesmo é pegar o livro da mão, né?
Pra quem não sabe, a coleção Millennium nem é novidade, e já até tinha uma versão sueca do filme, lançada em 2005. Mas com o sucesso da versão americana que foi para as telonas no começo deste ano, Stieg Larsson ficou riquinho da Silva e virou o novo rei dos Best Sellers.
Quanto custou? R$62 + frete na Saraiva WebStore.



O esmalte fofura


Ganhei o Ceramic da ArtDeco no final do ano passado, aí experimentei uma vez no começo do ano, dei uma esquecidinha, e fiz dele o queridinho de abril. As oportunidades que tive de repetir cor de esmalte, era nele que eu ia.
Já fiz um post especial rasgando seda dele, mas o acho a cara do inverno. Tô adorando apostar em cores escuras, rosas queimado, tons de nude e levemente perolados.
Aliás, são nas cores do inverno que nossas esmaltisses estão sendo trabalhadas, viu? Basta ficarem atentas às terças-feiras por aqui que as dicas são boas.
Quanto custou? Como eu ganhei, não sei dizer ao certo, mas creio que esmaltes desta marca custam em torno de 17 reais.


O programinha perfeito


Quer programa melhor que reunir os amigos e assistir um tremendo de um show? Não conseguimos ingressos para assistir o Foo Fighters lá no Jockey, mas nada que uma sala com telão, pizza e sushi não animasse a gente. 
Quer coisa melhor? Banheiro sem fila, cerveja gelada a qualquer hora, comida gostosa e ainda por cima, dá pra conversar com o amigo sem precisar ficar berrando?
Claro que a emoção não é a mesma, mas um conforto desse em ótima cia não tem preço, né? Fizemos baderna nas músicas mais esperadas e pudemos ver com um panorama incrível o flash mob promovido pela Trident na música Best of You.
Quanto custou? R$20 pra cada do sushi/pizza + a cerveja no mercado


O que mudei em mim?



Tô numa luta pra tentar deixar o picumã crescer. Pedido do namorado... então como não é algo que eu almejo, fica dificil, né? Mas como sempre a Leticia Malecka caprichou na tintura e corte e sai do salão com um chanel de bico bem estiloso. As amigas dizem que fiquei a cara da riqueza. Vou acreditar...
Quanto custou? Façam um orçamento com a Le. Cada caso é um caso, né?

O que me deixou linda


Fazia tempo que eu não usava cílios postiços. Aí que surgiu um casamento, seguido de formatura no mesmo dia e resolvi me montar toda. Apesar da dificuldade de colocá-lo (é uma luta pra não piscar enquanto você chega perto com esse treco preso em uma pinça), achei que valorizou muito o meu olhar. Pode parecer besta, mas toda mulher deveria colocar pelo menos uma vez na vida essa coisa louca de cílios boneca. 
Como os olhos ficaram essa coisa escandalosa, deixei o batom de tom escuro de canto. Sou a favor do menos é mais, pra não carregar muito e virar travesti de vez. Depois que grudei os cílios, só dei uma finalizadinha com delineador, caprichei na máscara Colossal, da Maybelline, um blush, batom nude... tô gata, bem!
Quanto custou? Na Ladeira Porto Geral você encontra por R$3,75


O que experimentei?



Vocês chegaram a experimentar o Texas Onion do McDonalds? Ele faz parte daquele grupo de lanches de R$4,50 limitados, e tem rodelas de cebolas empanadas, molho barbecue, queijo e hamburguer de carne. 
Minha recomendação é: se estiver com muita fome, ao invés de pedir dois dele, peça um e outro lanche pequeno. Fui nessa onda de gordinha de enfrentar dois Texas Onion e faturei uma bela asia. O tempero da cebola não caiu bem.
Quanto custou? Como dito anteriormente, R$4,50.





O filme mais marcante



Muitas pessoas fizeram nariz torto pra este filme sem ao menos ter se dado ao luxo de assisti-lo. O Artista é um filme atual, mas mudo! Não é a toa que foi super premiado no Oscar e em outras diversas premiações: ele é cativante, brilhante, tem todo o glamour e inocência do filme mudo, e ainda por cima tem o cachorrinho mais fofo do mundo como coadjuvante. 
A história é bem fiel à decada que ele remete: lá nos primórdios do cinema. Ele foi feito metade na França, metade nos Estados Unidos e conta com figuro e cenário 100% vintage. Vale a pena separar a pipoquinha e assistir debaixo das cobertas. Você vai se apaixonar.
Quanto custa? O Blu Ray na Saraiva está R$39,90

Gostaram? Não esqueça de contar aqui pra gente quais foram seus achados de abril que vale a pena compartilhar aqui nos nossos pitacos. Quem sabe não vira o preferido de maio pra muita gente, né?
E não se esqueça de participar do nosso sorteio deste mês, hein? A Ilentes vai te presentear com um vale compras de 100 reais. Clique aqui e participe!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram