Iatan GM: Curiosidades sobre os sonhos

Depois de um dia inteiro de estudo, trabalho ou farra, não há momento mais esperado pelo nosso organismo do quê um bom descanso e um sono merecido. Mas quem disse que nossa mente tem descanso total? Não tem jeito, ela não pára e somos invadidos por inúmeras imagens e acontecimentos - nossos sonhos. 
E vocês já pararam para se perguntarem o que acontece com nosso corpo e nossa mente enquanto sonhamos? Não? Pois eu parei e vim compartilhar com vocês algumas curiosidades a respeito.

 Pesquisas que indicam que a atividade cerebral é maior enquanto dormimos do que em quando estamos acordados. Os homens tem uma tendência a sonhar mais com outros homens, enquanto as mulheres sonham equilibradamente com ambos os sexos. Pouco mais de um décimo das pessoas com a visão normal sonham apenas em preto e branco.
 As pessoas que nascem cegas não sonham com imagens, mas tem sonhos tão reais quanto os nossos, porém esses sonhos exploram os outros sentidos, como a audição, o tato, o olfato e suas emoções em geral. As pessoas que ficam cegas depois de certo tempo ainda podem ver imagens em seus sonhos. E outra, a pessoa não sonha enquanto ronca.
 Durante o sono nosso sistema nervoso fica paralisado, isso devido aos nossos queridos neurônios que enviam alertas a nossa coluna vertebral relaxando nosso corpo. Isso evita de nos machucarmos e nos previne de “atuar” nossos sonhos.

 É normal termos reações físicas aos nossos sonhos, não importam se eles tenham ou não natureza sexual, homens têm ereções e nas mulheres aumenta o fluxo sanguíneo vaginal.
 Sonhamos costumeiramente com pessoas que aparentemente desconhecemos. Porém o que acontece é que sonhamos apenas com pessoas que “conhecemos”. Nossa mente não inventa rostos durante nossos sonhos, nós apenas sonhamos com pessoas que vimos durante nossa vida, mesmo que a gente não lembre. Pode ser o caixa do supermercado onde você comprou algo cinco anos atrás, sua professora de infância, qualquer pessoa que você só viu uma única vez na rua.
 Depois de cinco minutos que acordamos já esquecemos metade do que sonhamos. Dez minutos depois já esquecemos praticamente todo o sonho.
 Nossos estímulos externos podem invadir nossos sonhos, por exemplo: você está com vontade de fazer xixi e isso é transportado para o sonho. Isso acontece com boa parte das crianças que urinam na cama. Elas estão com a bexiga cheia e sonham que estão apertados, sendo assim urinam no sonho e ao mesmo tempo na realidade, molhando a cama.
 As crianças não sonham sobre si mesmas até por volta dos três anos, e desde então até elas completarem os sete ou oito anos de idade elas têm muito mais pesadelos do que os adultos.
 O estresse pós-traumático pode causar sonhos recorrentes, que surgem de repente em longos períodos de tempo e podem durar até anos. Geralmente são pesadelos.
Sonhos são indispensáveis na nossa vida, e a falta deles pode significar algum tipo de deficiência de proteínas ou desordens de personalidade. Nossa própria casa é o cenário mais comum dos sonhos.
 Pesquisadores já provaram que existe a possibilidade de aquilo com que você sonha ter um significado especial, porém só nosso subconsiente pode perceber essas mensagens que os sonhos nos transmitem.

Então é isso! Já sabemos o que se passa enquanto sonhamos podemos sonhar sem medo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram