Soraia: De olho no calendário

08:00:00

Um casamento envolve tantos detalhes e preocupações que, geralmente, deixam as noivas de cabelo em pé. Escrever sobre enlaces não poderia ser diferente do ato em si. Tanto é que me empolguei e acabei pulando um tema que é muito importante e que já deveria ter sido tratado, antes mesmo dos detalhes como vestido, por exemplo. Trata-se do cronograma de planejamento.

Sim, mais uma vez a palavra planejar torna-se o ingrediente principal do nosso encontro quinzenal. É óbvio que, se a noiva desejar (e tiver dinheiro disponível), pode fazer um casamento dos sonhos em três, seis meses. Mas, vamos combinar que esse prazo é no mínimo enlouquecedor. Pensando nisso, preparei um resumo do que os noivos devem se preocupar em um prazo razoável, ou seja, um ano. Veja o check-in abaixo:

De um ano a seis meses

Neste período, os noivos devem dar prioridade aos seguintes afazeres: 

avisar amigos e parentes sobre o casamento; fazer a lista de convidados (este é primordial, porque sem ele será quase impossível atender o segundo item); escolher local da cerimônia e da festa;

definir quais empresas farão as fotos, filmagem, decoração e música do casamento; definição do vestido de noiva (modelo e costureira) e quem serão os padrinhos.

Três meses antes

Definidos os primeiros itens, o resto são detalhes mais leves, que não têm tanta urgência. Entre eles estão:

definição do local da lua de mel e orçamento; 

exames pré-nupciais; 

definir data e local do casamento civil; 

definir damas e pajens, bem como a seleção das roupas deles; 

escolha do carro que levará os noivos para o casamento; 

escolha da roupa do noivo; 

definição do local responsável pelo cabelo e maquiagem da noiva; 

escolha e compra do buquê; 

produção e distribuição dos convites; 

definição da lista de presentes; 

organização e realização do chá de cozinha/chá bar/despedida de solteiro.


Até um mês antes do casamento

Nesta última fase, os noivos devem se preocupar apenas com dois assuntos: 

confirmação de serviços e de presença de convidados; 

hotel em que acontecerá a noite de núpcias.

Este é um cronograma básico e que, se for seguido, pode ajudar muito o casal a definir as etapas do casamento. Agora, se os noivos não dispuserem de tempo e tiver um dinheirinho sobrando dentro do orçamento, vale a pena dar uma conferida em serviços de assessoria de casamento. Esses assessores  geralmente fecham dois tipos de serviços: assessoria completa e assessoria do dia D. No primeiro caso, a equipe ajuda os noivos a escolherem diversos itens referentes do casamento, que incluem sugestões de buffet, fotógrafos, decoradores, locais para realização do dia da noiva, entre outros. Assim, cabe aos noivos apenas a decisão dos serviços que desejam para a cerimônia e a festa.

Já no segundo tipo de assessoria, a equipe cuida dos detalhes do dia, vendo, por exemplo, quantas pessoas compareceram à festa, cumprimento dos horários, preparação e entrega dos serviços, enfim, todas as tomadas de decisão que devem ser feitas no decorrer do dia do casamento. É importante ressaltar que quem fecha a assessoria completa normalmente já ganha a assessoria do dia do casório.

Portanto, seja na execução de um cronograma próprio ou na contratação de uma ajuda extra, os noivos devem se planejar para não esquecer de nada pelo caminho.
-
Gostaram? Na quinzena que vem teremos mais novidades para que você, noivinha, amiga da noiva ou uma aspirante fique antenada às necessidades para se ter uma boa cerimônia de casamento. Enquanto isso, que tal deixar seu pitaco aqui pra gente? Aproveite e dê um curtir aqui embaixo, para chamar as amigas para o nosso bate papo.
Um beijo!



You Might Also Like

0 Comente aqui!

Parceria

Parceria

Facebook

follow me

follow me

Subscribe