PhD responde: Meu ex empaca minha vida, e agora?


Hoje temos mais um PhD responde, e desta vez trouxemos o caso de uma phdete que anda bem confusa em relação ao seu ex. Vejam só o que ela nos enviou:

"Namorei um cara durante aproximadamente 1 ano e assim, eu achava (ou ainda acho) que era o cara da minha vida.
Nos dávamos muitíssimo bem, só que sempre fui muito ciumenta e isso sempre trouxe alguns probleminhas. (Uma vez ele saiu com os amigos do trabalho pra um bar e eu fiquei tão louca que liguei a noite inteira e fiz ele passar na minha casa depois). Não me chamem de desequilibrada!!! rs
Sempre 'cobrei' algumas coisas dele também que pra mim pareciam óbvias em um relacionamento e pra ele pareciam tortura. Sabe aquela coisa de ligar pra saber se está tudo bem, mandar uma sms carinhosa, lembrar de datas? Então, essas coisas simples... Ah! Algumas vezes tinha que ficar 'pedindo' pra que ele fosse me ver, isso também me chateava muito. Mesmo assim eu o amava (amo).
E aí um dia, no meio de nossas 'brigas' ele terminou comigo (por telefone, podem chamar de covarde). Fiquei arrasada e fui fazer terapia, mas logo abandonei.
Algum tempinho depois voltamos a nos falar e começaram a surgir convites para nos vermos. Voltei a sair com ele cheia de esperança de que iríamos voltar, mas logo ele me disse que gostava mto da minha companhia mas que não tinha intenção de voltar a namorar sério. Mesmo assim continuamos saindo porque lá no fundo a gente sempre guarda uma pontinha de esperança, né?
Hoje estamos assim, as vezes saímos juntos, as vezes separados... mas esse não é o tipo de relacionamento que eu quero pra mim. Como eu disse, sou muito ciumenta e mesmo não namorando sério, pra mim é muito difícil aguentar essa viagens e saídas com os amigos. Morro de medo dele conhecer outra mulher.
Eu gosto muito dele e estou confusa demais. Minhas amigas falam que ele está empacando minha vida, que ele fica comigo só pra se divertir e que eu deveria partir pra outra. Mas só quem já passou por isso sabe como é dificil. No fundo a gente sempre acha que vai conseguir reverter a situação.
E é também por isso que estou escrevendo, na esperança de encontrar alguém que já tenha passado pela mesma situação ou por situação parecida e que me conte como conseguiu superar (ou não) essa fase.


Meninas, me ajudem!!!!!"

Opinião da Tuka: Querida phdete, já passei por isso que você passou, mas por pouco tempo, confesso. Digo pouco tempo porque me deixei abrir para outros horizontes, sabe? Dormi na pia por uma semana depois do término do namoro, mas fui no cabeleireiro e deixei a depressão toda nas madeixas que cortei por lá! Quando ele me largou, foi num momento muito delicado. Realmente é muito chato você gostar de uma pessoa e o relacionamento acabar porque o seu pensamento não bate com o dele. Tem pessoas que realmente entendem nossa preocupação, e tem outras que interpretam isso como pegação no pé.
A sugestão te dou é que nunca, mas nunca mesmo, deixe de fazer o que gosta, e de sempre se permitir conhecer novas pessoas, homens, mulheres... porque é com novas amizades que você conhecerá garotos interessantes, e isso não quer dizer que você irá conhecer um novo amor assim de imediato (e isso também pode ser possível, se quiser), mas sim que conhecerá novos boys que te convencerá que existe pessoas tão interessantes quanto o seu ex.
Para que isso aconteça, você precisa ser forte. Cortar o contato no começo é essencial pra você curar o teu coração. Se policie, evitando stalkeá-lo nas mídias sociais, ou evitando de enviar torpedos... antes de convencê-lo que você está bem sem ele, você precisa SE CONVENCER.
Comece a se cuidar. Se você já se cuida, se cuide o dobro! Quanto mais nos dedicamos ao nosso bem estar, mais atrairemos coisas boas pra gente.
Faça coisas que você gosta muito com suas amigas. Se tinha algo que você deixava de fazer por causa do ex, volte a fazer.
Se namore. Só assim saberá qual é o tipo de pessoa certa pra você. As vezes temos mania de começar um relacionamento não porque estamos apaixonada, mas por carência. É aí que acabamos nos envolvendo com pessoas que não tem nada a ver com a gente! Se você passar a se namorar, conhecerá todos os seus limites, tudo o que te atrai, tudo o que te desencanta, e só assim poderá encontrar o boy magia perfeito pra ti, dentro dos seus defeitos.
Reconheça os seus defeitos, mas aceite-os também. Você não será 100% perfeita nunca porque ninguém é. Se tem algo que você acredita que seja o certo e você é feliz pensando assim, respeite, porque seu próximo namorado também terá que respeitar! Agora, se é algo que te machuca e magoa todos ao seu redor, é melhor estudar a melhor maneira de melhorar, né?
Outra coisa que você precisa exercitar é SE VALORIZAR. Coloque na sua cabeça que ELE TAMBÉM PERDEU UMA GRANDE MULHER. Que você tem seus defeitos, mas acima de tudo, você tem muitas qualidades e é digna de ser feliz com alguém que te respeite e que te valorize também. Não esqueça dos seus valores, já que ele esqueceu! Você é nova, tem muita coisa pra viver ainda, e não pode jogar a toalha pro amor, acreditando que um relacionamento conturbado que você teve é o suficiente pra sua felicidade!
E nunca se culpe, gata! Se o seu relacionamento acabou, foi porque ele realmente não quis mais ficar com você, não porque você fez algo errado e mudando ele voltará. Não é legal a gente forçar um relacionamento que já foi desgastado e tudo que restou foi 'gostar da cia'. Você precisa ser amada, além disso. E o mais importante de tudo, é que você nunca se esqueça que pra ser feliz não dependemos de uma segunda pessoa... quanto mais você se apaixonar por si mesma, mais feliz você será sem depender de ninguém!

PS: você concorda comigo que, se ele fosse realmente o cara da sua vida, ele teria o mesmo pensamento que o seu? Não é errado você sentir ciúmes do cara porque ele foi pro bar e você ficou em casa... na verdade você só não gostou de algo que ele fez e que você não faria no lugar dele! Aliás, se ele realmente fosse o cara da sua vida, ele JAMAIS acharia demais uma demonstração de carinho, que seja por torpedo. A tampa da sua panela fará a mesma coisa por você, te dará o mesmo conforto, e sempre preocupará te deixar segura, não terminar com você porque ele não sabe lidar com isso. Fica a dica ;)


Opinião da Sara: Se você for desequilibrada eu também sou, pois também morro de ciúmes do meu namorado e se ele inventar de sair com os amigos eu vou fazer a louca também! O cara terminou com você por telefone? Você já foi dar uns tapas na cara dele? Se não, corre que ainda da tempo!
Vamos falar sério agora... Nesse namoro você não pediu nada além do que lhe era de direito... tá certo que cada pessoa tem o seu jeito particular, mas acho que quando amamos e estamos com alguém, nos preocupamos, pensamos nela, queremos estar perto e mostrar o quanto ela é importante para nós. Esquecer de aniversário de meses de namoro é perdoável, até porque eu esqueço (lembro dois dias depois, mas lembro! rs), Mas ai nunca lembrar, a coisa acaba ficando bem chata mesmo. São coisas simples como uma sms, um email, um recadinho em rede social que nos fazem bem e que ajudam a dar uma renovada no sentimento naquele momento. Sério que precisava pedir pra ele te ver? Este já era um sinal de que ele infelizmente não sentia o mesmo por você, não acha? Na verdade todos esses pequenos defeitos dele já eram sinais de que pra ele a coisa não era tão séria quanto pra você, claro que havia um sentimento, ele não estava namorando a toa, mas não era amor, entende? Até porque se tivesse amor, o mínimo que ele poderia ter feito era ter tido respeito e terminado em uma conversa séria e adulta, não por telefone. Menina, ele não te merece, nunca te mereceu!
Vamos falar de você... Será que é amor mesmo ou será que você estava acostumada a tê-lo como seu namorado e por isso não aceitou o fim? Pare um pouco para pensar sobre isso... é comum a gente achar que sente algo por alguém, e quando vamos analisar a fundo vemos que a história é outra. Independentemente de qual seja a sua conclusão com o sentimento, pare imediatamente de se martirizar dessa forma. Comece pensando que se acabou é porque foi melhor pra você assim, vá se lembrando de todos os perrengues que passou por causa desse namoro mal sucedido, não fique remoendo os momentos bons e a falta que ele te faz, isso só piorar, acredite. É importante que você decidida de coração aberto a esquecê-lo e partir pra frente, só quando for sincera com você é que a coisa vai dar certo. Se afaste dele, acho que esse fator também é muito importante no começo de uma fase de desapego. Jamais que você vai conseguir tirar esse infeliz do coração saindo com ele, tendo recaídas, concorda comigo? Esse é pior erro da mulher abandonada e apaixonada! Se for preciso, delete celular, delete de qualquer lugar que possa manter contato, no começo vai doer, mas vai acabar vendo que é necessário. Tá na cara que ele não te ama e infelizmente só está querendo te usar para preencher o tempo. Sei bem como é, amiga, e é bem assim que esses cachorros pensam.
Outra coisa muito importante, gata, é o amor próprio. Me desculpe falar dessa forma, mas agindo assim você só está se desvalorizando, desperdiçando o seu amor e o seu tempo com um cara que não te ama e não te merece. Se ame, se namore, mude o visual... juro que isso ajuda! Saia com suas amigas, faça novas amizades, procure estar rodeada de pessoas que gosta e que te fazem bem, faça alguma coisa que te ocupe o tempo... sabe aquele tempinho em que o danado te vem na cabeça? OCUPE! E pare de ficar procurando um novo amor para ocupar o lugar de um amor antigo, nesse momento, no inicio não vai ajudar em nada. Esteja aberta a novas pessoas, é claro, não vai virar a freira!
Enfim, se ame em primeiro lugar e deixe esse bobalhão de lado de uma vez por todas, ele está te usando e você não merece passar por isso. Espero não ter parecido muito confusa e ter te ajudado um pouco que seja, e sabe que qualquer coisa pode gritar para suas amigas PhDetes.
-
Esperamos poder ter ajudado o caso da phdete de hoje, lembrando que você também pode dar o seu conselho ou pitaco anonimamente, caso não queira se identificar. E ficaremos na torcida para que a dona da história apareça por aqui para nos contar o resultado (positivo, certamente) deste caso. Ok?
Gostou? Dê um curtir aqui embaixo e participe! Quer mandar sua dúvida pra gente? É só contar tudo no phdemseilaoque@gmail.com. Prometemos sigilo de sua identidade. E se você ainda não respondeu nosso questionário, faça as honras, por gentileza! Clique aqui pra gente deixar o PhD cada vez mais a sua cara.




Um comentário:

  1. Amiga, sentir ciúmes é a coisa mais normal quando realmente gostamos de alguém!
    A She em conhece MUITO BEM e sabe o quanto sou ciumenta, mas algumas evzes precisamos passar por cima disso.
    Minha cunhada me deu um conselho e na hora achei LOUCURA, tentei colocar em pratica e funcionou! Quanto mais liberdade ele tiver, mais ele vai querer ficar do seu lado!
    Eu fiz isso! Deixei ele sair fazer o que queria... mas eu também iria fazer. (ir no bar com amigas, comer pizza com amigas...etc).
    Ele foi apenas UMA vez e não me largou mais! Só sai comigo, me chama para tudo... tá perfeito!
    Mas temos que mostrar que somos fortes, e não que estamos sempre pensando neles (no quesito ciúmes).
    Homens só entendem quando passam na pele!

    ResponderExcluir

Instagram