J.A: Decepção

08:00:00

Este texto foi enviado por uma autora que pediu anonimato. Ela o escreveu em 1986 e resolveu dividir com a gente aqui no PhD. Vamos conferir?

-


Que sentimento é esse de se sentir rejeitada e mal amada?
de ter no coração esta trava
Que dói como rajada
de espinhaço que se encrava
de sentir imensa mágoa
de ver sonhos derrubados
E encantos acabados
De sentir sensações diferentes
como nunca antes experimentado
Um vazio tão grande no peito
como se tirassem o sabor precioso da vida
Guardada
Pra nunca ser retirada
só vivida.

Que sentimento diferente é esse?
Desconhecido...
Mas agora despertado, conhecido
e talvez, jamais esquecido
É como um vulcão furioso
Que só explode desamor
quando ferem dentro de si
E arrancam do coração
a essência da vida.
Que é o amor intenso e verdadeiro.

-

Há momentos da vida em que participamos de um mundo de sonhos, no qual acreditamos em quem amamos, achando que nunca iria nos decepcionar... nos fazer mau. Parece que um dia o sonho acaba e o mundo desmorona. A gente sofre, amadurece, e tudo isso nos dá forças para continuar com a vida e o que ela nos prepara. Pode ser que nos tornamos mais frias e calculistas, mas o importante é nunca perder o amor próprio e a auto estima - só assim conseguimos amar um outro alguém novamente, e de verdade.
-
Quer participar do PhD? Envie seu texto, com foto, nome, profissão, idade, twitter e blog (se preferir) para phdemseilaoque@gmail.com que a gente publica!
E você já votou na gente para Melhor Blog de Variedades de 2011? É só clicar no banner do TopBlog ali em cima, do lado esquerdo! Se optar pelo voto via e-mail, não se esqueça de validá-lo na sua caixa de entrada.


E se você quer faturar um super kit enorme de aniversário do PhD, não fique de fora da nossa promoção! Clique aqui e saiba como participar!

You Might Also Like

1 Comente aqui!

Parceria

Parceria

Facebook

follow me

follow me

Subscribe