Depois de você

19:30:00



Vou poupar palavras para escrever sobre o romance mais falado dos últimos tempos da Jojo Moyes pra não ser nada mais do mesmo, já que 10 a cada 10 leitoras de Como Eu Era Antes de Você não só se emocionaram como também se apaixonaram pela história de Louisa e Will, não é mesmo? Mas devo dizer ao menos que achei o romance tão envolvente que dei graças à Deus que a autora fez a sua continuação.
Depois de Você mostra o "vida que segue" de Louisa, que tenta encontrar soluções para o seu futuro em meio à pressões da família, novos ares, responsabilidades à serem cumpridas e o luto. Me envolvi tanto na trama que devorei o livro em um único final de semana, mas devo confessar que em vários momentos eu senti uma vontade enorme de socar a cara da protagonista. Louisa Clark (impossível não visualizar a atriz Emilia Clarke lendo o livro!) acaba se envolvendo muito mais nos problemas dos outros a ponto de esquecer dos seus próprios problemas, e isso pra mim já era meio demais, sabe? Se sentir sempre em dívida com alguém, quando na verdade este alguém investiu em um futuro o qual ela jogou fora, pra mim, era muito mais ingrato do que a maneira como a sua forma de pensar.
E falando em lidar com a perda, o que mais me agradou na trama foi que a personagem não precisou passar um longo período chorando e sem comer para comprovar que vivia um luto que não parecia acabar nunca. Estava ali nas entrelinhas, na descaracterização de Clark, abandonando suas roupas coloridas e sapatos chamativos, uma garota perambulando por aí em outros países sem saber ao certo qual era o intuito daquilo, ou no escapismo em que ela adotou para fugir inconscientemente das decisões que ela precisava tomar sobre sua própria vida, se apegando em coisas miúdas para não lidar com as grandes decisões.
A mensagem do livro é muito especial e essencial, porque, apesar de querer agredir Louisa, sua história mostra que antes de ajudar quem amamos, primeiro precisamos ajudar a nós mesmos. A nos amar. Não conseguimos exercer um papel digno nesta função altruísta se estamos cheios de problemas pendentes a serem resolvidos.
Por fim, não espere um livro cheio de ensinamentos e diálogos profundos, e sim uma história delicada, rica de bom humor, escrita com leveza e mostrando personagens imperfeitos, que cometem muitos erros e mesmo assim te cativam. Leia para se divertir, e não para encontrar um defeito. E fico aqui na torcida para que tenha um próximo filme!

You Might Also Like

0 Comente aqui!

Parceria

Parceria

Facebook

follow me

follow me

Subscribe