área dos boys: A escolha do terno perfeito

14:18:00


Todas as mulheres acham que quando se trata de um casamento, formatura ou qualquer evento que se exija traje social completo, os que menos sofrem na hora da produção são os homens. Na prática, realmente é isso mesmo, pois enquanto a mulher está colocando cinta, meia calça, maquiagem, cabelo e finalmente aquele vestido embalado à vácuo, o homem só espirra o desodorante, o perfume, coloca o traje e pronto. A mais difícil tarefa para alguns é dar o fatídico nó na gravata, mas vamos anteceder todo esse ritual e ir de encontro ao maior problema para os homens nessas horas: encontrar um terno perfeito. E não estamos falando de cores, tendências, etc. Estamos falando de modelagem mesmo. Aquele terno que não faça parecer que você pegou a roupa do seu pai emprestada. Aquele visual que valorize seus pontos fortes, e não que encolha suas pernas e alongue mais ainda os seus ombros.
Algumas regras básicas são fundamentais, e seguidas à risca, transformam a sua procura em algo mais prático, ao invés de um pesadelo. Tome nota para chegar no teu compromisso parecendo galã do Pinterest (aliás, as inspirações foram encontradas por lá):

O paletó


A parte de cima de seu terno nunca deve ser um tamanho maior que o seu, como os homens costumam fazer. Ele deve abraçar o seu corpo, e não sambar nele, seguindo o contorno de sua silhueta, e acinturado. Os ombros precisam ser ajustados, nem muito justo, nem muito largo, para não parecer que você o pegou emprestado com alguém que tenha o corpo diferente do seu. Ele deve ter o tamanho ideal para cobrir o zíper da calça e o seu pandeiro (lê-se bunda). E quanto as mangas, preste atenção para elas não ultrapassarem sua camisa (o interessante seria elas terem ao menos um dedinho a menos que o punho). Manga sobrando  te encolherá.
Já a lapela deve ter a mesma largura que a sua gravata. Se o terno for slim, ela pode (e deve) ser fina. Modelo tradicional exige lapela larga. E falando sobre os botões... independentemente de quantos forem no seu paletó, quando for abotoa-los, pelo amor de Cristo, deixe o último aberto, e lembre de desabotoar tudo quando for sentar.

A calça


A maior dificuldade dos homens, sem dúvidas, é acertar a escolha da calça. Já viu aquele amigo com tanto pano acumulado no tornozelo que parece que ele tem o tamanho do Danny DeVito? Então, aquilo errado! A calça deve cobrir somente a parte superior do sapato, e não ele inteiro. Nada de sobras nem nas canelas, nem na bunda! Preste atenção ao experimentar, pois o corte dos bolsos devem manter uma linha reta, e não caída, formando uma cara triste nas suas nádegas. E jogue a calça longe se parecer que você fez cocô nas calças! Seu bumbum precisa ficar bonito dentro da calça, e não passar a sensação de que levaram ele embora.

A camisa


Vamos ter um papo bem sério aqui agora: se você não for o Scarface, a ordem é deixar o colarinho da sua camisa para DENTRO do paletó, ok? E se o evento exige traje social completo, trate de prendê-lo em uma gravata com um nó bem dado. Dito isso, já podemos voltar a falar sobre cores e formas:
Já citamos os punhos ficarem ao menos uma polegadinha para forma do paletó, certo? O que não falamos é que a sua gravata nunca deve ser mais clara que a sua camisa. Isso é tudo o que você precisa saber! Quanto à estampas e cores, tudo vai depender do seu estilo e de como você se sente bem. Se você gosta de ousar, invista no xadrez. - e porque não?! A única coisa que precisa ter em mente é como casar o tom dela com sua gravata (não vá usar uma camisa roxa com uma gravata vermelha, né?).
Ah... se você é daqueles que sua bastante, escolha uma camiseta branca, lisa, e de gola baixa para usar por baixo da camisa, tá? 

Usar colete ou não?


O uso do colete não é somente para criar um visual mais sofisticado... ele é muito útil para esquentar. Na verdade essa é a principal função dele, e muitas noivas acabam errando a mão feio, deixando seus padrinhos derretendo de calor quando exigem o uso da peça em sua cerimônia realizada em uma estação quente do ano. Portanto, se você gosta da ideia e fará frio no dia do evento, invista em um colete sim, e deixe o último botão aberto.

Sapatos e acessórios


Meias: devem ser da mesma cor do seu sapato ou do terno, e certifique-se que elas cobrirão totalmente suas canelas quando sentar. Se o evento for muito formal, opte por modelos clássicos (sim, aquelas que dão um chulé danado, fazer o que?). Se não for esse o caso, divirta-se com os modelos estampadinhos que você curte, lembrando sempre da regra dos tons.

Gravata: já falamos sobre larguras (eu, Sheila, prefiro as finas) e agora precisamos falar sobre cores: não inventa moda, tá? O menos é mais nessas horas, principalmente quando se trata de gravatas de cores quentes ou aquelas estampas meio datadas. Se você não estiver seguro na hora da escolha, dê uma procurada sobre combinações no Google ou Pinterest. 
O tamanho ideal é acima do cós da calça, ou pouca coisa menor. Nunca deve ser menor que a linha do umbigo e jamais ultrapassar o botão da calça.

Lenços: A-DO-RO! Um lenço estampado no bolso dá todo um charme na composição (vide a última foto sobre paletós), principalmente para quem tem medo de arriscar na hora da escolha da camisa. Ele dá aquele toque especial ao seu terno, mas seu formato deve ser quadrado e não pode coincidir com sua gravata, caso forem estampadas. 

Cintos e suspensórios: deve ser fino e da mesma cor que os sapatos. Se for usar suspensórios, descarte o uso do cinto. Ele entra na mesma regrinha de cores.

Sapatos: Devem combinar com o tom do terno - sapatos pretos combinam com tudo, exceto branco, e os marrons caem bem com ternos da mesma cor, branco, off white, cinza claro e azul.

Considerações finais

A cor do terno tem que ter casar com sua personalidade. Se você não tem o tipo cômico do Máscara, deixe as cores berrantes pra lá. Estampas são bem vindas, desde que sejam miudinhas, para parecer sofisticado, e não brega. Aliás, se você quer algo para ser usado à longo prazo, prefira ternos lisos com cores clássicas, assim você não gastará dinheiro com nada datado, que possa te fazer entortar o nariz futuramente.
Se você é magrinho e não se sente a vontade com terno porque sempre acha que tudo fica muito largo e estranho em você, sério, abra a mente para ternos modelo slim. Você ficará muito bonitão nele, pois valorizará totalmente o seu biotipo. Os fortinhos e gordinhos ficam lindos nos ternos clássicos, desde que sigam as regrinhas que listamos acima para valorizar, e não para achatar, fazer você perder o pescoço, bunda ou tamanho das pernas, ok?
Sempre valorize o seu conforto na hora da escolha, e se atentar ao material de seu terno nessas horas é fundamental. Se o evento for de dia, em uma praia, ou em um local mais informal, escolha um terno de linho. Se você é moderninho e a ocasião for em uma época quente do ano, o terno de algodão será o seu melhor amigo, porque além de te deixar elegante, não fará você suar. Já os modelos de lã fria são ideais para eventos no inverno.

You Might Also Like

0 Comente aqui!

Parceria

Parceria

Facebook

follow me

follow me

Subscribe