Sara Richena: O que andei lendo

No final do ano passado fiz aquela velha promessa de voltar a arrumar um tempinho para me dedicar um pouco mais a leitura, mas como vida de mãe não é fácil e as vezes quase sempre acabo dormindo depois de terminar a primeira página do dia, ainda não consegui manter a meta que tinha programado, que era de pelo menos um livro ao mês. Mas tudo bem, o importante é começar e vamos aos poucos que uma hora eu chego no Iatan e devoro vinte livros por semana. Os primeiros escolhidos foram: A Culpa É Das Estrelas e O Lado Bom Da Vida. 



Mais uma vez vou ter que mencionar o Iatan neste post, mas é que de tanto ele falar em A Culpa É Das Estrelas eu fiquei quase paranoica para ler e não sosseguei até ter esse livro nas mãos. Acho que dispensamos uma resenha, até porque esse não é o meu foco e todo mundo está careca de saber sobre a incrível história de Hazel e Augustus e até do Isaac. Porque as pessoas fazem resenha desse livro e deixam o Isaac para trás? Coisa chata, gente. Bom, já deu pra perceber o quanto me apaixonei pelo livro e o devorei em uma semana. Achei uma leitura leve, do tipo que encanta e te prende querendo saber do final o mais rápido possível. Só acho que: Querido John Green, o senhor me deve a narrativa da morte de uma pessoa aí. Muito obrigada. Quem ai já quer que o filme seja lançado amanhã?



Queria muito ler O Lado Bom Da Vida, mas cai na besteria de ver o filme antes. Prefiro que seja ao contrário. E por fim acabei me apegando mais ao filme do que ao livro. Levei quase um mês pra ler, aquela leitura arrastada, quase sempre dormia. Não me prendeu, não gamei, achei que o filme não foi fiel ao livro, mas prefiro o filme, entenderam? Em ambos, conforme o Pat ia desenrolando sua narrativa eu ia ficando angustiada, percebendo que eu tenho um pouco dele e isso me incomoda um pouco. Também não cabe resenha, já que todo mundo está careca de saber da história. Se você ler com muito carinho esse parágrafo vai perceber o quão enrolada e Pat eu sou. Não me julguem.



Já tenho uma enorme lista de livros que desejo muito ler e assim que acontecer isso na minha vida venho aqui e conto tudinho para vocês. Se forem novidades eu prometo uma resenha bem linda.

amar é: deixar alguém dobrar a capa do seu livro




-
Gostou? Então não deixe de compartilhar o link deste post em sua mídia social preferida, ou até mesmo deixar a sua opinião nos comentários. Assim podemos contar com você para fazer o blog crescer ou apenas pra compartilhar opiniões. Um beijo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram