Os lugares abandonados mais bonitos do mundo #5

08:00:00

Pra quem viu  o nosso post anterior (clique aqui) da série e curtiu, o post de hoje certamente será o seu preferido até então. Mostraremos uma cidade inteira abandonada e um forte no topo de uma colina de deixar qualquer fotógrafo babando! Encontre o lugar mais confortável do seu sofá e boa viagem:

Pripyat, Ucrânia



Certamente esta cidade não é estranha pra você, tendo em vista que ela está relacionada ao maior acidente nuclear da história. Foi fundada em 4 de fevereiro de 1970 para abrigar os funcionários da Usina Nuclear de Chernobyl, porém só foi considerada uma cidade 9 anos depois. 





Depois do acidente na usina em 27 de abril de 1986, a cidade foi evacuada pelos militares em uma ação emergencial, mas muitas pessoas resistiram em deixar suas casas (ainda há 2 moradores idosos morando por lá até hoje). Cerca de 1.900 pessoas colaboraram para a evacuação e limpeza de Pripyat até dezembro do mesmo ano. 





Hoje o que se pode encontrar são objetos como brinquedos, roupas e discos deixados para trás. A cidade e seus arredores ainda não são lugares seguros e não podem ser habitados pelos próximos séculos. Os cientistas estimam que após 900 anos os elementos radioativos desapareçam, permitindo que a cidade seja habitada novamente.





O turismo na cidade é altamente restrito, e só é possível com licenças especiais disponibilizadas pelo governo. Somente alguns cientistas, pesquisadores e militares possuem permissão para entrar em Pripyat, e há um tempo limitado para permanecer no local. 
Abaixo você pode conferir como ocorreu o acidente e quais foram as causas:




Há dezenas de documentários interessantíssimos internet a fora sobre Pripyat. Segue algumas sugestões:

Não Contá Lá em Casa (mostra a vida do casal de idosos que ainda vive por lá)
Chernobyl - A Verdade Esquecida (documentário de uma hora e meia)
Reportagem especial do Fantástico em 2001.

Kalavantin Durg, Índia



Kalavantin Durg é um dos 3 fortes localizados na Fortaleza de Prabalgad, na Índia. Sua altitude é de 2.300 metros nas montanhas Sahyadri. Reza a lenda que ele foi construído por uma rainha chamada Kalavantin, sabe-se lá em que ano dessa vida de meu Deus. Os degraus que levam até o topo do forte foram escavados na própria rocha da colina. A população de uma vila nas proximidades (Machi Adivasi- Prabal) promovem um festival anual no topo de Kalavantin, realizando algumas danças, o que fez com que o forte se torna-se parte do patrimônio desta civilização.






Os turistas ou esportistas que desejam visitar Kalavantin devem pegar um ônibus até Panvel, e a partir de Thakurwadi a viagem deve ser realizada a pé. É possível subir a colina somente com guias turísticos e diversas instruções são dadas por medidas de segurança.

Você pode conferir a escalada ao Kalavantin clicando aqui.

E aí, curtiu? Não esqueça de deixar um curtir amigão aqui pra gente e aguardar a próxima edição dessa nossa série super curiosa.


You Might Also Like

0 Comente aqui!

Parceria

Parceria

Facebook

follow me

follow me

Subscribe