Soraia: Leitura virtual

08:00:00



Para finalizar a série sobre dicas literárias, o texto de hoje é dedicado àqueles que já possuem dispositivos eletrônicos móveis, sejam eles tablets, smartphones ou leitores de e-books. O site Universia Brasil  disponibilizou para download em sua página mais de 90 obras consideradas clássicas, tanto na literatura brasileira quanto internacional. Entre os livros que particularmente gostaria de destacar (e sugerir a leitura) estão O Retrato de Dorian Gray (de Oscar Wilde), Guerra e Paz (de Leon Tolstoi), Orgulho e Preconceito (de Jane Austin, que até já tivemos um post da May, e você pode conferir clicando aqui), Assim Falava Zaratustra (de Nietzsche), Os Miseráveis (de Victor Hugo), Crime e Castigo (de Fiódor Dostoiévski), O Processo (de Franz Kafka), Dom Quixote – volumes I e II (de Miguel de Cervantes), O Príncipe (de Maquiavel), Madame Bovary (de Gustave Flaubert), A Divina Comédia (de Dante Alighieri), Memórias de um Sargento de Milícias (de Manuel Antônio de Almeida), Poemas de Álvaro de Campos (de Fernando Pessoa), O Espelho (de Machado de Assis), O Cortiço (de Aluísio Azevedo), Édipo-Rei (de Sófocles), Auto da Barca do Inferno (de Gil Vicente), Grimm's Fairy Stories (dos Irmãos Grimm), Tarde (de Olavo Bilac), O triste fim de Policarpo Quaresma (de Lima Barreto), Ilíada (de Homero), O Navio Negreiro (de Castro Alves), Drácula (de Bram Stoker), Anna Karenina (de Liev Tolstoi) e Mágico de Oz (de L. Frank Baum).
Além dessas sugestões, para que a leitura dos arquivos seja mais prazerosa, utilize dispositivos próprios para sua leitura. Neste caso, falo dos e-readers. Um dos mais famosos (e, na minha opinião, o melhor) é o Kindle. Esse tipo de dispositivo é diferenciado porque, ao contrário dos seus concorrentes, ele foi pensado para que, a princípio, atendesse apenas à necessidade de leitura de seus usuários, o que incluía, por exemplo, emissão de luz mais controlada e própria para esta atividade. Depois, outras atividades, como acesso à Internet, foram incorporadas a eles.
Os tablets e smartphones, além dos computadores pessoais, no princípio, também dispunham de opções para a leitura on e offline de e-books. No entanto, como não eram tecnologias e plataformas específicas para a atividade específica, a leitura era um processo mais lento e que, geralmente, agredia os olhos dos usuários. Assim, muitas empresas trataram de desenvolver softwares e aplicativos próprios para a leitura, como versões do Kindle (como aplicativo), além de formatos específicos para a plataforma Android, como o Aldiko book Reader, Moon Reader, Kobo eBooks, Bluefire Reader e Cool Reader.
Essas alternativas garantem uma leitura mais fácil dos e-books e ajudam a ter acesso a livros que, em um passado não muito distante, gastaríamos muito dinheiro para adquiri-los.


You Might Also Like

0 Comente aqui!

Parceria

Parceria

Facebook

follow me

follow me

Subscribe