Soraia: Presentes para os convidados

Olá a todos (as)! Os preparativos para o casório não param. Os noivos ficam sempre pensando no antes, durante e depois do enlace, de modo que tudo saia certinho. O tema de hoje refere-se a algo que não chega a ser pós-festa/cerimônia, mas que faz parte da etapa final. Trata-se das lembrancinhas e dos bem-casados.

Primeiro, vamos começar pela parte doce do assunto: os bem-casados. Eles são doces tradicionais e que marcam presença em muitos casamentos. De origem portuguesa, o doce existe há cem anos e é um dos maiores símbolos de um casamento, ao lado dos noivos, alianças e buquês. Seus recheios mais comuns são baba de moça e doce de leite, mas atualmente não é difícil encontrar opções como brigadeiro, maracujá, creme de nozes, ganache branco, limão, chocolate e amêndoas. Os preços dessas delicinhas variam entre R$ 1,70 e 3,50 a unidade, e essa diferença é baseada em detalhes como as embalagens que serão utilizadas e os recheios escolhidos.



Além dos bem-casados, existem outros quitutes doces que são muito apreciados pelos noivos e convidados. O mais cotado atualmente é o macaron. De origem francesa, ele é uma espécie de bolachinha recheada e é um convite aos olhos e ao paladar. É delicado, tem um sabor suave (independente do recheio escolhido – os quais, inclusive, são bem parecidos com os dos bem-casados) e chamam a atenção devido à variedade de cores que as massas e recheios podem apresentar. Assim, é possível encontrar macarons rosas, marrons, vermelhos, verdes, amarelos, roxos e laranjas. E essa multiplicidade de cores e sabores podem ajudar na decoração da mesa de doces. O preço da unidade varia de R$ 2,30 a 4,00, e normalmente não requer embalagens específicas (basta colocá-los em vasos de vidro).



Os cupcakes viraram mania nacional. Invadiram shoppings, ganharam as ruas e agora têm presença constante em festas. No entanto, apesar do que muita gente pensa, não são somente as festas infantis que são agraciadas pela presença desses bolinhos. Festas de casamento também fazem parte de seu local de atuação. Os formatos e recheios são adaptados à ocasião, ganhando formas inusitadas e podendo até substituir os tradicionais bolos. Da mesma forma que os macarons, agradam os consumidores pela sua beleza, delicadeza e sabores. O valor unitário varia de R$ 3,50 a 7, devido justamente à complexidade e variedade de formas.




Por fim, voltemos a um doce bem conhecido em enlaces: as amêndoas confeitadas. Elas são tradicionais em casamentos gregos e italianos; aliás, em casamentos italianos, costuma-se entregar a cada convidado ao menos cinco amêndoas, as quais representam os principais desejos aos noivos (fertilidade, longevidade, saúde, riqueza e felicidade). No Brasil, o costume é semelhante, e as lojas especializadas costumam comercializar esses doces em caixas com 10 a 15 unidades (unidades = embalagens com cinco amêndoas), que custam entre R$ 29 a 70.




Devido ao valor desses doces, muitos casais estão optando por utilizarem esses quitutes como lembrancinhas do enlace para os convidados. Essa é uma forma econômica e graciosa de agradecer à presença de todos. Ainda assim, caso os noivos optem por algo além, continue lendo este artigo.


Muito obrigada pela presença! - As lembrancinhas podem ser divididas em dois itens: as que são distribuídas ao longo da festa e as que são entregues ao final da cerimônia ou festa.

As primeiras são itens supérfluos distribuídos na pista de dança. Encontram-se nesta categoria plumas, óculos, máscaras, colares brilhantes, chocalhos, pulseiras e colares fluorescentes etc. Para adquirir essas bugigangas, a cidade de São Paulo conta com um local especial conhecido como 25 de março. A maior parte das cidades brasileiras possui um lugarzinho como esse, onde podem ser comprados itens baratos, descartáveis e divertidos. Com R$ 200, os noivos conseguem comprar muitas dessas tranqueiras de modo a atender seus convidados.
Ainda neste quesito, estão mais dois adereços que são supérfluos, porém fazem diferença para os pés cansados das moçoilas: os chinelos ou meias antiderrapantes. Eles também são distribuídos às convidadas na pista de dança e ajudam no conforto dos presentes. Quem é mulher sabe o quanto é difícil ficar em cima de um salto alto pulando e dançando, ainda mais quando são cinco horas de festa. Os chinelos e meias são um pouco mais caros que os demais adereços de pista, custam em média R$ 5 (chinelos personalizados) e R$ 9 (meias antiderrapantes) cada unidade, mas valem o investimento.

O segundo tipo de lembrancinhas, como já foi mencionado, são os distribuídos ao final da festa, tais como canecas de louça com as iniciais ou caricaturas do casal, kits ressaca, pequenos potes de vidro com brigadeiro dentro, CD's com as músicas do repertório da festa, porta-retratos e leques. Os preços variam de acordo com a complexidade das lembranças. Por exemplo, canecas personalizadas custam em média R$ 5,99 (unidade); já um porta-joias personalizado tem um preço médio de R$ 6,90 (unidade). Vale lembrar que tanto as lembrancinhas de pista, quanto às que geralmente são entregues ao final da festa não são obrigatórias, cabendo aos noivos escolher se querem ou não oferecer isso aos convidados.

Até a próxima!

[Nota da editora]: as parceiras das Irmãs Arteiras confeccionam, entre outras coisas, lembranças de casamento. Confira clicando aqui.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram