Show do Maroon 5

13:47:00


Ontem rolou o último show do Maroon 5 no Brasil, na Arena Anhembi, em SP. Durante toda a semana fizemos uma pequena contagem regressiva pra deixar as amigas do PhD mais animadas, não só as que iam conferir de pertinho, mas também para as que não conseguiram ingresso e conferiram no portal Terra o show ao vivo. Vou tentar fazer um resumão do dia lindo que foi ontem, tá?


Não rolou de levar a câmera porque pista é meio tenso, né? Então me virei com o Iphone mesmo, e com a scâmeras das amigas, que eram compactas. Mas ainda bem que não levei mesmo porque onde cabia 10 mil pessoas, havia mais de 35 mil. 




A organização deixou a desejar na entrada. Mas aparentemente a mancada foi só essa hora mesmo... a fila estava em um zigzag de duas 'camadinhas'... a primeira camada entrou... e a segunda teve a fila invertida! Quem chegou por último entrou primeiro e vice-versa. Mas isso não foi motivo pra deixar ninguém mal humorado: a galera queria mesmo era se divertir.


A pontualidade foi o forte do show. Javier Colon abriu o evento e tocou músicas próprias e alguns covers que foram apresentados durante sua participação no The Voice, programa que Adam Levine participa como treinador (que inclusive treinou Javier, o vencedor da primeira temporada). Até um 'Ai se eu te pego' foi tocado por Colon, com um português impecável!


Foto: divulgação

Depois foi a vez do Keane... mais britânicos, impossível! O vocalista estava nitidamente torrado de sol (deve ter dormido em alguma de nossas praias) e mesmo com o setlist calminho, conseguiram levantar a galera em seu Strangerland. Spiralling é a música que mais gosto e nem imaginava que seria tocada... e tocaram!

Foto: Terra

Foto: Terra
E as 21h30 entrou o Maroon 5. Um telefone tocando já anunciava que a abertura do show seria com Payphone, e a plateia de 35 mil pessoas cantou toda empolgada junto com Adam Levine. E foi uma emendada na outra: Makes me Wonder, Lucky Strike... parando para uma graça para Sunday Morning. Ai... Sunday Morning!



Sou esse trequinho amarelo!




Era nítido que a banda estava animadíssima diante de tantas pessoas! Pareciam pipoquinhas em cima do palco, de tanto que pulavam! Logo no início, Adam declarou: "Eu não falo português. Não vou fingir, mas prometo que saberei dizer algo da próxima vez. Vocês entendem inglês? Tenho algo a dizer. Quando soubemos sobre a venda dos ingressos aqui, dissemos 'Meu Deus!'. Nós nunca vendemos 30 mil ingressos para um show na vida. Então muito obrigado".  Simpático, né??

Foto: Uol

Foto: Uol

Foto: Uol

Foto: Terra/Maroon 5 Brasil

Antes de iniciar o 'Bis', Adam caprichou nos mimos. Primeiro colocou uma camiseta de Neymar, e as safadjenhas gritaram insistentemente 'take it off'' , mas foi por cima da camiseta preta mesmo... depois vestiu uma camiseta dada por uma fã (foto acima), e em seguida, pegou a bandeira do Brasil, se cobriu com ela e tocaram (voz e violão) She Will be Loved.

(a gravação é de celular, então não reparem na qualidade, tá?)



Antes de começar a Moves Like Jagger (pensei que a Arena Anhembi ia desmoronar), alguns covers foram tocados, inclusive a Sexy Back, de Justin Timberlake. E apesar do corpo querer pedir arrego, ninguém ali a nossa volta queria ir embora! A festa estava boa demais!

Confira o setlist:

Payphone
Makes Me Wonder
Lucky Strike
Sunday Morning
If I Never See Your Face Again
Wipe Your Eyes
Won't Go Home Without You
Harder to Breathe
Wake Up Call
One More Night
Hands All Over
Misery
This Love

Bis
Seven Nation Army (cover do White Stripes) - Adam na bateria e James no vocal
She Will Be Loved
Stereo Hearts
Daylight
Don't You Want Me (cover deo The Human League)/ Sexy Back
Moves Like Jagger

Pra quem perdeu tudo,  assim que liberar o show na íntegra por aí a gente anuncia o link lá na Fanpage/ Twitter, tá? E da próxima vez que o Maroon 5 vier para o Brasil, tente ir... de verdade! Pra quem gosta é impossível não se divertir!


You Might Also Like

0 Comente aqui!

Parceria

Parceria

Facebook

follow me

follow me

Subscribe