Sara Richena: Se eu não me amar, quem vai?

Sabe aquela frase: "Se eu não me amar, quem vai?". Você deveria tê-la como uma de suas preferidas... já parou pra pensar elas que formam uma pequena frase que faz todo o sentido? Eu garanto pra você, que quando ler e entender o que ela quer dizer vai passar a ver a sua vida de forma diferente.
Desconecte-se desse mundo virtual, pare de se torturar por não estar enquadrada no padrão de beleza que a mídia, que a vizinha, que a sua amiga da faculdade impõe. Pare de se preocupar tanto com a vida alheia, com o trabalho, com estudos... é claro que você precisa trabalhar e estudar, mas não deve fazer disso prioridade em sua vida. Pare por alguns minutos e se olhe no espelho... o que você vê? Você vê sua amiga mais bonita, a colega de trabalho mais magra, a vizinha com o cabelo perfeito? Então PARE, você está fazendo tudo errado!
Vamos tentar mais uma vez? Repita comigo: "Se eu não me amar, quem vai?". Repita quantas vezes você julgar necessário para mentalizar e fazer com que ela saia naturalmente de você. Mentalizou? Agora vamos voltar ao espelho, o que você vê? Não é aquele corpo escultural, né? Mas é lindo, cabe perfeitamente em suas roupas preferidas, você vê um sorriso largo, olhos brilhando e um cabelo perfeito que se modela de acordo com o seu jeito? Continue, você está fazendo tudo certo. Continue se olhando no espelho e vendo que você é perfeita à sua forma, que você é feliz do seu jeito. Ninguém é perfeito e ninguém é igual a ninguém, você sabe muito bem disso, só precisa aceitar. Comece a se amar e verá que todo o resto a sua volta também vai te amar.
-
E continue amando o PhD pra que a gente fature o prêmio TopBlog 2011, de um clique no banner que fica do lado esquerdo e demonstre o seu amor pelo PhD votando. Muito obrigada e bêajs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram