O sapo da vida real/ o príncipe dos contos de fadas

08:00:00

Ela queria um príncipe encantado. Aqueles que vemos nos desenhos da Disney, ou aquele gato holywoodiano, todo trabalhado na perfeição.
Eles não possuem defeito algum. Acordam bem humorados, com a barba no ponto certo (ou sem barba alguma, como preferir). Não existe bafo em seu mundo, nem tão pouco peidos e arrotos.
Jamais eles xingam no trânsito. Uma porque reza a lenda que eles se locomovem com cavalos. E também chegam à cavalo, porque né? Como é difícil encontrá-los!
Ou ele é gay, ou ele é casado, ou ele não gosta dela. Ou então, possivelmente mora em outro país, é um astro de rock e jamais vai conhecê-la e saber que ela é a verdadeira mulher perfeita, ideal para ser mãe de seus filhos.
Ele não tem chulé, nem é fanático por nada que ela deteste... abre a porta do carro, da casa, puxa a cadeira pra ela se sentar, pede desculpas quando a magoa, olha nos olhos quando ela o questiona... o genro que seus pais sonharam desde o dia do seu nascimento!
Mas Deus! Onde será que este dito cujo se esconde? Ela já cansou de esperá-lo, de procurá-lo... já fez simpatia, consultou a cartomante, chorou no ombro das amigas... MAS ELE NÃO VÊM! 
Só ele sabe o presente ideal que ela queria ganhar no aniversário de namoro. E chega com o maior chocolate do mundo quando ela está de TPM. A abraça quando ela chora nos filmes água com açúcar e não reclama de assisti-los porque adora sentir o cheiro do seu cabelo nessas ocasiões. Ele entende quando ela não pode (e nem quer) transar 24 horas por dia porque quer ao menos assistir seu seriado preferido na TV, ou respeita no dia que está com dor de cabeça (ahan...)...
Até que ela presenciou pela primeira vez uma briga de um casal gay. Encontrou a vizinha casada com o cara mais lindo do bairro no salão, reclamando pra manicure que o marido está ficando pançudo e anda broxando durante o sexo... no mesmo dia viu no jornal que o índice de natalidade do Canadá anda bem baixo e que aquele bonitão da sua banda preferida foi preso por porte de drogas...
Amiga, ninguém é perfeito.
Você quando come aquele bife acebolado, também fica com gases e bafo.
Se você usa sandália de plástico e bate perna no shopping, também fica com chulé.

Quando está de TPM, fica insuportável e com uma preguiça enorme de depilar as pernas.
Você demora pra se arrumar, e mais ainda pra escolher uma blusinha de promoção naquela loja de departamento.
Xinga a nova namorada do teu último affair dos fios do cabelo até as unhas do pé.
Compra presentes que você gostaria que ele usasse, não necessariamente o que ele gosta de usar.
Faz tempestade em um copo d'água quando quebra as unhas ou quando o cabelo acordou revoltado com você.
Ninguém te segura quando o salto quebra à caminho do trabalho ou no casamento da sua prima, sua maquiagem borra quando soa, ou você paga de entediante porque não pode dançar se não sua maquiagem vai borrar.
Pra esconder alguma imperfeição, você usa maquiagem.
Você dorme nos filmes de ação que ele aluga, ou faz cu doce pra assistir o lançamento dos lançamentos de terror que está em cartaz.
Então, cara amiga... se contente com o sapo. Aquele coaxante simpático que fez tudo por você na semana passada. Que beija bem, faz um cafuné gostoso, te aguenta em qualquer fase do seu ciclo e ainda se predispõe a dizer que te ame. Se o seu coração disparou, suas pernas tremeram, seu pensamento foi invadido por ele o dia todo e tudo isso é recíproco, lembre que você é a rã perfeita pra ele. Afinal de contas, se eles tiverem esse mesmo pensamento, a sapinha morrerá encalhada, né?


You Might Also Like

0 Comente aqui!

Parceria

Parceria

Facebook

follow me

follow me

Subscribe