Maryah C. em - apenas mais uma de amor: As flores

08:00:00

Afinal, o que elas representam?
Ela não gostava de flores, até ser surpreendida com um buquê. 
Ela não gostava porquê morriam depois; não tinham utilidade posterior; não era romântica e ponto?
Ela não queria gostar porquê achava que não merecia ou temia sua reação ao recebê-las, inconscientemente?
Ela nunca gostou da ideia de receber flores, porquê nunca havia ganhado.
Quando é sincero, de um olhar a um presente, o simples gesto é sensível ao toque. É como um lugar-comum: vale mais que palavras, desperta sorrisos e lágrimas.

E porquê foi assim, as flores passaram a fazer mais sentido. 
Ela passou a vê-las por todos os lados. Os olhares não saiam mais do pensamento. Os gestos nunca cessavam.
Com a licença poética dos Titãs, as flores, de verdade, não morrem.

Para o PhD, o seu pequeno de gesto de votar na gente como Melhor Blog de Variedades no Prêmio Top Blog vale muito! Então é só clicar aqui, que retribuiremos o carinho!

You Might Also Like

0 Comente aqui!

Parceria

Parceria

Facebook

follow me

follow me

Subscribe